Responsável pela recuperação do Botafogo no Campeonato Brasileiro, Zé Ricardo caiu nas graças da torcida e do elenco alvinegro. Há seis jogos sem perder, o Glorioso conseguiu se afastar da zona de rebaixamento e já está garantido na Copa Sul-Americana de 2019. O bom rendimento fez com que o treinador chamasse a atenção do Grêmio, como possível substituto para Renato Portaluppi.

Mas, com o fico de Renato Portaluppi, Zé Ricardo deve permanecer no Botafogo. Com contrato até abril do ano que vem, o treinador e o clube optaram por tentarem uma renovação logo depois do Campeonato Brasileiro. Mas, no que depender dos jogadores, o técnico irá permanecer no clube.

Mesmo que tenha trabalhado pouco com Zé Ricardo, por conta de uma lesão que o afastou dos gramados por oito meses, João Paulo elogiou o técnico. Para o meia, o treinador alimentou a capacidade competitiva do time.

“Um treinador muito capacitado e já mostrou isso em outros anos. Nossa característica como time é sermos competitivos e, quando mostramos isso, os resultados voltaram a aparecer”, disse João Paulo.

Marcinho exalta importância do treinador

Outro que elogiou Zé Ricardo foi Marcinho. O lateral direito vive um dos melhores momentos da carreira sob o comando do treinador. O jogador acredita que a equipe passou a jogar bem quando o técnico deu a sua cara ao time. Assim, Marcinho espera que Zé permaneça no Botafogo em 2019.

“Tento tirar proveito de todos os treinadores. O Zé veio, agregou a gente, transformou a gente no time que queria. E, nesse fim de temporada, nós mostramos isso. Vai ser bom se, em 2019, ele continuar o trabalho que está dando resultado. Afinal, estamos a seis jogos sem perder”, afirmou Marcinho.

Contando com o carinho do elenco, espera-se que Zé Ricardo continue no Botafogo na próxima temporada. É possível que, logo depois do fim do Campeonato Brasileiro, treinador e diretoria acertem a renovação de contrato para mais um ano. Enquanto nada é definido, o Glorioso se prepara para enfrentar o Atlético-MG, neste sábado (01), às 19h, no Estádio Independência.

Fonte: Esporte 24 Horas