O meia atacante Elkson, ex-Botafogo e Vitória, que no momento atua no Guangzhou Evergrande, da China, está vivendo uma grande temporada no continente asiático. Contratado no final de 2012, por R$ 16 milhões, com contrato até 2015, Elkeson chegou com tudo na China e foi campeão e artilheiro, com 24 gols. Com o título nacional, a equipe do Guangzhou, se classificou para Liga dos Campeões da Ásia. Com um grande investimento de uma das maiores empreiteiras locais, a equipe chinesa possui grandes nomes como o argentino Conca e o técnico italiano Marcelo Lipe, campeão mundial com a Itália, na Copa do Mundo de 2006, na Alemanha. Com tanto investimento Elkeson e seus companheiros chegaram ao título continental.

O Guangzhou Evergrande, como campeão asiático, está na disputa do Mundial de Clubes da FIFA, que está sendo sediado no Marrocos, na África. Na estreia contra o Al Ahly, os chineses conseguiram a vitória, por 2 a 0. Gols marcados por Elkeson e Conca. Com a vitória, Elkeson e CIA enfrentarão o Bayern de Munique, nas semifinais do mundial, nesta quarta-feira (18/12), às 17h, em Agadir.

A reportagem da Super Rádio Tupi conversou com o camisa 9 do Guangzhou. Elkeson exaltou a vitória e a vaga nas semifinais do mundial, falou do elogio recebido pelo técnico Guardiola e da vibração do companheiro Conca ao saber que o Fluminense, por enquanto, está na Série A.

Confira:

Vitória na estreia do mundial e vaga nas semifinais

“Graças a Deus conseguimos vencer o primeiro jogo. Era nosso objetivo passar para a semifinal. Agora a gente enfrenta o grande favorito dessa competição, uma equipe forte, campeã da Europa, que tem uma grande equipe um grande treinador. A gente vai procurar fazer uma grande apresentação, o que seria fantástico para nossa equipe.”

Elogio do técnico Guardiola do Bayern de Munique

“Com certeza, ele é um grande treinador, a gente acompanha o trabalho. Foi um grande jogador também. A gente fica feliz de poder enfrentar a equipe dele. Onde o Guardiola faz um excelente trabalho no Bayer de Munique, como fez no Barcelona também.”

Confronto contra o Bayern, nesta quarta-feira (18/12)

“Temos que sonhar, né. No futebol tudo é possível. Agora a gente sabe que para isso acontecer nós temos que estar em uma noite abençoada, onde tudo de certo e que do outro lado tudo de errado. Nós temos que desfrutar desse momento, um momento mágico da equipe. Poder fazer parte desse momento de desenvolvimento do futebol de um país é gratificante para nós jogadores.”

Botafogo na Libertadores

“Fiquei muito feliz, essa vaga veio coroar um ano que o Botafogo teve. O time fez uma boa temporada, foi campeão carioca, eu vibrei muito, pelo grupo, pela comissão técnica. O Oswaldo é um cara querido, não foi só por ele, mas pelo grupo de jogadores também. O presidente também, eu tenho um carinho especial por ele. Eu sei dos bastidores do clube, sei que eles estavam querendo muito essa vaga na Libertadores. Espero que na próxima temporada o Botafogo faça uma ótima campanha na competição e dispute o título. Esse é o pensamento de toda a equipe. Estarei de longe vibrando pelos meus companheiros. “

Projeto Europa

“Claro que eu penso em um dia voltar e jogar no futebol brasileiro. Mas por outro lado eu quero investir na minha carreira internacional. Graças a Deus fiz uma boa temporada no futebol chinês, tenho mais três anos aqui e espero cumpri. Meu pensamento é ficar até o fim do meu contrato e seguir para um grande clube da Europa.”

Fluminense na Série A

“Ele (Conca) já sabe sim. Comemorou aqui na concentração. Agora é terminar o Mundial e voltar para casa dele.”

Fonte: Super Rádio Tupi