De última opção a titular, camisa 10, destaque e autor do gol do título da Taça Guanabara. Com rápida ascensão, Elvis ganhou espaço no Botafogo e fez o gol decisivo na vitória de 1 a 0 sobre o Macaé. O meia preferiu adotar a modéstia e dividir os méritos.

– Não tem gol do título. Todo mundo está de parabéns, desde o primeiro jogo. Sempre fomos primeiro e segundo lugar. A gente sempre sonha (em ser herói), graças a Deus pôde acontecer. É continuar trabalhando. Sabemos que há dificuldades, é comemorar e descansar que sábado tem pedreira. Esse grupo merecedor – afirmou ao PFC.

Fonte: Redação FogãoNET