O ano novo trouxe o desejo de uma temporada melhor para o futebol carioca, mas os quatro grandes clubes do Rio se movimentaram pouco até o momento na busca por reforços para suas equipes. Vinte e cinco dias depois do término do Campeonato Brasileiro e a 16 dias do início do Campeonato Carioca, o Botafogo foi o que mais se mexeu contratando cinco jogadores para reforçar o time.

Já Vasco, Fluminense e Flamengo fizeram poucas contratações até o momento e perderam vários atletas. Veja como anda a situação de cada um dos clubes cariocas.

BOTAFOGO

O time será o primeiro a se reapresentar já nesta sexta-feira. Mas apenas a parte da equipe que disputará o início do Campeonato Carioca estará em General Severiano para realizar exames médicos. Os principais atletas se reapresentam na segunda-feira já de olho no primeiro jogo da pré-Libertadores, no dia 29, contra o Deportivo Quito, no Equador.

A primeira novidade da equipe estará no banco de reservas. Depois de dois anos de trabalho, o técnico Oswaldo de Oliveira deixou a equipe ao fim do Campeonato Brasileiro. Para o seu lugar, o clube apostou na prata da casa e promoveu Eduardo Húngaro. Caberá a ele, comandar o time no retorno à Copa Libertadores depois de 17 anos.

O elenco tem algumas novidades. A principal delas é o meia Jorge Wagner, de 35 anos, que volta ao Brasil depois de duas temporadas jogando no Kashiwa Reysol, do Japão. O ex-jogador de São Paulo, Cruzeiro, Corinthians e Internacional será mais um atleta experiente em um time que já conta com nomes como o holandês Seedorf, meia de 37 anos, o volante Renato (34) e o zagueiro Bolívar (33).

Outras novidades são o goleiro Helton Leite, ex-Criciúma e que chega para ser a terceira opção no setor, os irmãos Alex e Anderso, laterais direito e esquerdo, respectivamente, que vêm do Vitesse, e o volante Hygor, do Bangu.

Apesar das constantes especulações vindas da imprensa europeia, o zagueiro Dória continua no clube. O time perdeu apenas o goleiro Milton Raphael, emprestado para o Caxias, o volante Lucas Zen, que foi para o Vitória, e o atacante Alex, que se transferiu para o Joinville.

Antes do jogo pela Libertadores, a equipe fará três partidas pelo Campeonato Carioca. A estreia será no dia 18, contra o Resende. Na sequência, o Botafogo pega o Bangu, no dia 22, e a Cabofriense, no dia 26.

FLAMENGO

O Flamengo tem apenas uma cara nova neste início de ano. É o meia Éverton, que estava no Atlético-PR. O jogador é conhecido do futebol carioca, pois teve uma passagem pelo Botafogo em 2011, onde não foi bem.

Depois de renovar com o capitão Leonardo Moura, a grande preocupação dos dirigentes é com Elias, um dos destaques do time no ano passado. O contrato de empréstimo do volante se encerrou no dia 31 de dezembro e o jogador viajou chegou nesta quinta-feira a Lisboa para se reapresentar ao Sporting. O Flamengo tenta convencer os dirigentes portugueses a diminuir o valor pedido por 50% dos seus direitos econômicos. O clube aceita pagar 4 milhões de euros (R$ 12,8 milhões), mas o Sporting quer cinco milhões de euros (R$ 16 milhões). Em Portugal, Elias reconheceu que pensa em sair, mas se diz disponível para o clube.

Outra novidade é o retorno do volante Muralha, que estava emprestado para a Portuguesa. O meia-atacante Negueba já tinha retornado no fim do ano passado após uma passagem pelo São Paulo. Por outro lado, o atacante Marcelo Moreno, que estava emprestado, retornou ao Grêmio após uma passagem sem brilho pela Gávea.

No grupo 7 da Copa Libertadores, o Flamengo estreia no dia 12 de fevereiro contra o León, no México. Os outros adversários do rubro-negro na primeira fase são o Bolívar, da Bolívia, e o Emelec, do Equador. No Estadual, o time estreia no dia 19, contra o Audax.

FLUMINENSE

O time tricolor também inicia o ano de técnico novo. Renato Gaúcho chegou ao clube após mais uma queda de braço entre o presidente Peter Siemsen, e o presidente da patrocinadora, Celso Barros. No fim, prevaleceu a vontade de Barros de contratar o treinador que dirigiu o Grêmio no ano passado e comandou o Fluminense na conquista da Copa do Brasil de 2007 e no vice-campeonato da Libertadores no ano seguinte.

O desafio de Renato será fazer o time tricolor voltar a ter sucesso. Depois do título brasileiro de 2012, a equipe teve um 2013 muito ruim em que não conquistou títulos e ainda foi rebaixada no Campeonato Brasileiro. Em 2014, o Flu só vai disputar a elite porque a Portuguesa foi punida com a perda de quatro pontos pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pela escalação de um jogador irregular. Com isso, a equipe paulita caiu, mantendo o Flu na elite.

A única novidade no time até o momento é o retorno de Dario Conca. Herói da conquista do Brasileiro de 2010, o meia argentino volta ao clube após duas temporadas jogando no Guangzhou Evergrande, da China, que disputou o último Mundial de Clubes. Conca será oficialmente apresentado na semana que vem.

O clube ainda deve fazer novas contratações. Principalmente na zaga, onde perdeu Digão, vendido ao Al Hilal. Como Anderson também deve sair e Edinho foi para o Grêmio, o Fluminense deve ir ao mercado até a estreia no Campeonato Carioca no dia 19, contra o Madureira, em Conselheiro Galvão.

Outros jogadores que deixaram a equipe tricolor são o atacante Rhayner, que foi para o Bahia, e o meia Felipe, que não teve o seu contrato renovado.

VASCO

O Vasco inicia o ano com dois reforços vindos do Olimpia, do Paraguai. O goleiro uruguaio Martin Silva chega para resolver um problema crônico que o time teve na posição durante o ano passado, quando três goleiros (Alessandro, Diogo Silva Michel Alves) se revezaram na posição sem se firmar. Martin foi um dos melhores goleiros da Libertadores e eleito o melhor das Américas na posição, em eleição feita pelo jornal uruguaio “El Pais”, no ano passado. O outro reforço é o volante paraguaio Aranda, que chega para reforçar o meio-campo vascaíno.

Retornaram ao clube de empréstimos os atacantes Romário, que estava no Arouca, de Portugal, e William Barbio, que estava no Bahia, e o volante Fillipe Bastos, que disputou o Brasileiro pela Ponte Preta. Mas o técnico Adilson Batista ainda não disse se contará com os três para a temporada.

Deixaram o clube o meia Marlone, uma das promessas do Vasco, vendido ao Cruzeiro, além dos atacantes André, Willie e Tenório e do volante Filipe Souto. O time também deve perder os laterais-direitos Fágner e Nei e o zagueiro Cris.

O meia Felipe pode ser uma novidade confirmada nos próximos dias. O clube também tenta manter o apoiador Pedro Ken, que estava emprestado pelo Cruzeiro e pode ser incluido como parte do negócio que liberou Marlone para a equipe mineira. O Vasco também tem interesse no meia Júnior Dutra, do Lokeren, da Bélgica, e no lateral-direito Sueliton, do Criciúma.

Rebaixado, o Vasco disputará a Série B do Brasileiro em 2014. Mas antes disso, tem o Campeonato Carioca. A equipe estreia no dia 19, contra o Boavista, em São Januário.

Fonte: O Globo Online