Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 00:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Em grave crise, Botafogo visita Vitória em clima de final contra rebaixamento

0 comentários

Compartilhe

Botafogo e Vitória se enfrentam neste sábado, ás 16h20, no Barradão, em Salvador, no chamado ‘jogo de seis pontos’. Rivais na luta contra o rebaixamento, as equipes vivem clima delicado e darão a vida por um triunfo, que além de valer três pontos, afundará ainda mais o adversário na crise.

O Botafogo atravessa momento conturbado. Não bastasse a fase em campo e a crise financeira, o presidente do clube, Maurício Assumpção, anunciou na última sexta-feira a demissão de quatro jogadores: Emerson Sheik, Bolívar, Edílson e Julio Cesar. O objetivo foi reestabelecer a ordem, que, segundo o mandatário, estava perdida nos últimos tempos.

O problema é que a partida deste sábado é importantíssima para a pretensão do Botafogo em se manter na primeira divisão. Internamente, o empate é visto com bons olhos. O resultado que ninguém espera é a derrota, o que deixaria o Alvinegro na zona de rebaixamento.

“Vencer é o que vai dar a confiança. O time tem jogado bem, mas sofre o baque e não consegue reagir. Tem que superar essa barreira, tem um pouco do (fator) emocional. Se não chegar aqui e falar em coisas bacanas e que transmitem confiança, ninguém vai acreditar. Temos que pensar o que realmente cada um é, o que cada um fez para chegar até aqui. Ninguém está aqui por acaso. Se vivemos essa situação é porque podemos suportar e mudar. A solução que existe é vencer”, disse Carlos Alberto.

Para a partida, o técnico Vagner Mancini finalmente poderá contar com Régis, contratado junto à Portuguesa para a lateral direita. Além disso, o treinador deverá lançar Matheus Menezes na vaga de Bolívar, ao lado de Andrpe Bahia. No ataque, ele tem opções e poderá promover o retorno de Carlos Alberto ao time titular.

O Vitória, por sua vez, entra em campo incentivado pelo bom resultado colhido na quarta-feira, quando empatou com o Atlético Nacional-COL por 2 a 2, em Medellín, pela Copa Sul-Americana, e vai para jogo de volta com boa vantagem.

No entanto, a situação do time baiano no Campeonato Brasileiro é complicada porque a equipe encontra-se em 18º lugar com 24 pontos e ainda não tem condição de deixar a zona de rebaixamento nessa rodada. Os rubro-negros vêm de duas derrotas seguidas na competição nacional para Palmeiras e Atlético-MG.

“O Botafogo possui um time muito bom e com jogadores de nome. Porém, nós vamos jogar em nossa casa e temos que fazer valer o nosso mando de campo como fizemos nestas partidas do returno”, disse o goleiro Roberto Fernández.

Com pouco tempo para preparar a equipe visando o jogo deste final de semana, a tendência é que o técnico Ney Franco repita a formação da partida de quarta-feira.

VITÓRIA X BOTAFOGO

Data/hora: 04/10/2014, às 16h20
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (PE)
Auxiliares: Clovis Amaral da Silva e Albino Andrade Albert Junior (PE)

VITÓRIA
Roberto Fernández; Nino Paraíba, Ednei, Luiz Gustavo, Mansur; Adriano, José Welison, Luís Aguiar, Edno; Marco Júnior e Guillermo Beltrán
Técnico: Ney Franco

BOTAFOGO
Andrey; Régis, Matheus Menezes, André Bahia e Jr. César; Gabriel, Airton, Ramirez e Carlos Alberto; Rogério e Zeballos
Técnico: Vagner Mancini

Comentários