Os investidores do futebol brasileiro vivem momento de desconfiança, mas há quem ande na contramão em meio à queda de valores de patrocínio e à revisão dos altos salários pagos a jogadores e treinadores. Uma exceção é Neville Proa, dono da empresa de bebidas Viton 44. O empreendedor aproveita as dúvidas dos concorrentes para abrir parceria com os quatro grandes clubes do Rio de Janeiro. O empresário “salva” o futebol carioca com injeção de R$ 50 milhões, no total, em patrocínio para a temporada 2015.

Além de Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco, Neville Proa também aposta em retorno de marketing ao se unir com o Maracanã. São mais R$ 4 milhões para expor sua marca no estádio e fazer seus produtos ganharem ainda mais espaço no Rio de Janeiro.

“Toda grana que eu coloco volta a mais. O investimento dá um grande retorno. Se não tivesse isso, não colocaria um centavo lá. Eu não sou maluco de rasgar dinheiro. O futebol foi minha grande descoberta para alavancar a empresa. Eu tinha um grande produto e precisava de uma fantástica divulgação. Em termos de marketing, foi muito bom. Consegui”, exaltou o dono da Viton 44, Neville Proa.

O Botafogo abriu as portas para a empresa no futebol carioca em 2011. Com uma verba de R$ 6 milhões pela omoplata – ombro – da camisa, a Viton 44 deu o primeiro passo neste modelo de negócio. Três anos depois, Neville Proa aumentou em 800% a quantia investida no esporte. No início, o patrocínio da empresa era motivo de piada por parte dos rivais, que hoje se beneficiam do acordo.

O UOL Esporte detalha a parceria dos quatro grandes do Rio com a empresa de bebidas, que dominará as camisas dos times a partir de janeiro e será fundamental para um início de ano com maior tranquilidade para dirigentes e torcedores.

 

VITON 44 APOSTA ALTO E DOMINA O FUTEBOL CARIOCA
  • BOTA MANTÉM PARCERIA E RESPIRA

    O clube terá a empresa novamente como parceira em 2015. A verba, no entanto, será mais modesta para a próxima temporada. Após receber R$ 25 milhões em 2014 e ter a marca de bebidas como parceira exclusiva, o Alvinegro terá apenas R$ 9 milhões para expor o patrocínio na parte do peito do uniforme. A renovação era prioridade da nova diretoria, com poucos interessados no mercado.

  • FLAMENGO SERÁ O MAIOR BENEFICIADO

    Parceiro do Fla desde o início deste ano, a Viton 44 ampliou investimento. Aprovado na noite da última terça-feira, o patrocínio renderá R$ 20 milhões aos cofres rubro-negros em 2015, um aumento de 233% em relação ao valor de 2014 – R$ 6 milhões. A empresa de Neville Proa estampará sua marca nas mangas do uniforme – R$ 7 milhões – na parte de trás da camisa – mais R$ 13 milhões.

  • NO FLU, VITON 44 SUBSTITUI UNIMED

    Os R$ 14 milhões investidos pela Viton 44 trazem mais tranquilidade após o fim da parceria de 15 anos com a Unimed Rio. O patrocínio garante o planejamento do clube e dá calma à torcida apreensiva com a nova realidade financeira. A empresa estampará a marca “Mate Vitton” no peito e nas costas da camisa. O rápido acerto com a empresa foi visto como um sinal de que o clube está valorizado

  • VASCO ESPERA FINALIZAR ACORDO

    Mesmo no final da fila, o Vasco não poderá reclamar da verba que irá receber. Segundo apurou a reportagem, o time de São Januário receberá R$ 7 milhões para ter a marca na manga. O clube é o único que ainda não assinou acordo. Por conta do recesso de final de ano e de uma viagem do empresário para o exterior, o martelo sobre o patrocínio só deverá ser batido nos primeiros dias de janeiro.

  • MARACANÃ TAMBÉM É ALVO DA VITON

    Além do enorme investimento nos quatro clubes do Rio de Janeiro, a Viton 44 se tornou também a principal parceira do grande palco do futebol do estado. A empresa fechou um contrato com a concessionária que administra o Maracanã e tem suas marcas expostas em todo o estádio em troca de um investimento de R$ 4 milhões por temporada.

Fonte: UOL