No início de março, o Botafogo fechou um acordo para a formação de uma parceria com o Gonçalense a fim de criar uma espécie de “time B”, com atletas sub-20 e emprestados, visando a disputa da segundona do Campeonato Carioca e a Copa Rio no segundo semestre. A ideia é ceder cerca de 10 atletas para o clube de São Gonçalo. Nesta temporada, o clube emprestou nove atletas a equipes diferentes do Rio de Janeiro. Do grupo, o lateral direito Erick é o que vem ganhando mais notoriedade.

Titular no América, onde está emprestado até o dia 30 de abril, e dono de boas atuações, o jovem de 20 anos já havia conquistado status nas divisões de base do Alvinegro. Bicampeão carioca e do Torneio Otávio Pinto Guimarães (OPG), Erick confessou, em entrevista exclusiva à reportagem da Super Rádio Tupi, que o Bota ainda não o chamou para conversar sobre uma possibilidade de aproveitamento no elenco principal em 2016. No entanto, a promessa afirmar estar com a consciência tranquila e se diz concentrado no seu trabalho com o América.

“O Botafogo ainda não me chamou para renovar. Estou tranquilo, confiante no meu trabalho, me dedicando, me esforçando ao lado dos meus companheiros. Na hora certa eles irão me chamar para sentar, conversar e resolver a situação”, disse.

A fase do América na Taça Rio não é boa. Em cinco jogos, a equipe perdeu três, venceu um e empatou o outro. Na sétima colocação, hoje o time estaria rebaixado à segunda divisão, já que está na 7º colocação com apenas quatro pontos. Não à toa, o técnico Ricardo Cruz pediu demissão na última semana, dando lugar a Clóvis de Oliveira. No domingo, o duelo contra a Portuguesa, é de fundamental importância. Uma  vitória pode afastar a equipe da zona de descenso. Erick projeta a partida com expectativa positiva. Para o lateral, a semana livre para treinar foi importante para o novo comandado conhecer melhor o elenco.

“Estamos focado no jogo contra a Portuguesa, independente do resultado na partida anterior. Tivemos uma semana inteira para trabalhar com o novo treinador, que está se esforçando para conhecer o grupo e definir quem vai começar a partida”, afirmou Erick, que agradeceu aos, segundo ele, responsáveis por seu bom momento.

“Agradeço ao América e Botafogo por esta oportunidade. Tenho me empenhado cada vez mais para ganhar mais experiência, crescer a cada jogo e a cada treino. Futebol é isso: você tem que evoluir cada vez mais. E eu busco isso para mim”, encerrou.

América e Portuguesa se enfrentam no domingo, no Edson Passos, às 16h.

Fonte: Site da Rádio Tupi