Contratado para solucionar os problemas criativos do meio de campo do Botafogo, o meia João Pedro não vem tendo das oportunidades quanto imaginava. Com apenas oito jogos desde que chegou por empréstimo do Atlético-PR, em maio, o jogador sequer ficou no banco nos jogo contra Ceará e Bahia. Apesar disso, o meia participou do treino desta segunda-feira (22), para o jogo contra a sua ex-equipe, no próximo sábado (27).

Revelação do Atlético-PR, meia fez grande estadual

Revelado pelo Atlético-PR, em 2015, João Pedro era visto com uma das joias do Furacão. Da mesma geração de Guilherme Arana, Marcos Guilherme e Douglas Coutinho, o meia não teve as mesmas oportunidades que seus companheiros e foi emprestado para o Guaratinguetá e para o Paraná. E foi na equipe paranista que João Pedro se encontrou.

Com quatro gols em 23 jogos, João Pedro foi uma das peças importantes do Paraná no acesso para à primeira divisão, no ano passado. As boas atuações chamaram a atenção do então técnico do Atlético-PR, Fernando Diniz, que trouxe o meia de volta. Jogando como ponta, João Pedro foi um dos destaques do Furacão no título estadual deste ano.

Sem espaço, meia fez quatro jogos em quatro meses

Entretanto, no Botafogo, João Pedro não consegue repetir a sequência que teve no Atlético-PR. Contratado ainda com Alberto Valentim no comando do Glorioso, o meia estreou na quarta rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Cruzeiro. Com o treinador, ele jogou mais três partidas. Mas, com a saída de Valentim para o futebol egípcio, o jogador perdeu espaço.

Com Marcos Paquetá e Zé Ricardo, João Pedro jogou as mesmas quatro partidas que fez com Valentim. Entretanto, num espaço de quatro meses. Preterido por peças que já estavam no elenco, como Gustavo Bochecha e Leo Valencia, o meia viu suas oportunidades diminuindo. O jogador chegou a ficar um mês e meio sem entrar em campo.

João Pedro só voltou a atuar pelo Botafogo no último dia 09, em clássico contra o Vasco. O meia substituiu Gustavo Bochecha e não comprometeu. O que poderia ser um sinal de novos tempos acabou sendo uma das oportunidades isoladas de João Pedro no Glorioso. O meia não foi nem relacionado para os últimos dois jogos (Ceará e Bahia). Sem espaço, não se sabe qual será o futuro do jogador no Botafogo.