O pedido de Luciano para não disputar a sétima partida do Brasileirão pelo Fluminense, na noite desta quinta-feira, tem a ver com a crise financeira do clube e com o interesse de dois rivais no atacante: Grêmio e Atlético-MG. Ambos já entraram em contato com o Fluminense e com o Leganés, dono de seus direitos econômicos.

O Flu se acertou com os espanhóis em junho do ano passado para ficar com Luciano por empréstimo de três temporadas. Desta maneira, para que o atacante saia, o Tricolor das Laranjeiras terá de concordar e ganhar alguma compensação.

O Atlético-MG, por exemplo, oferece o atacante Maicon Bolt em uma troca. Já o Grêmio apresentou uma lista com três nomes, para que o Fluminense escolha um deles. A relação conta com garotos que vem sendo pouco aproveitados e custam baixo.

Luciano vive, de longe, sua melhor temporada na carreira. Em menos de seis meses, ele já chegou a 15 gols, dois a mais do que seu recorde, de 13 gols em 2014, pelo Corinthians. E o atacante alcançou os 15 gols em apenas 31 partidas, tendo papel fundamental no esquema de Fernando Diniz.

Fonte: Blog do Jorge Nicola - Yahoo! Esportes