Neste sábado, o Sampaio Corrêa conquistou seu primeiro título nacional desde 2012 ao empatar por 0 a 0 com o Bahia, na Arena Fonte Nova, e vencer a Copa do Nordeste. Um dos grandes nomes da final e de toda a competição é o do goleiro Andrey, que salvou o Sampaio em diversos momentos no jogo decisivo.

Em entrevista após a partida, o goleiro lembrou os momentos difíceis que passou após deixar o Botafogo, clube que o formou, em 2015 de forma conturbada. “Eu passei alguns anos da minha vida, o final de 2015, o ano de 2016 e o começo de 2017 no ostracismo. Cometi muitos erros na minha vida, não posso negar, paguei o preço”, disse o goleiro ao Esporte Interativo. “Chegou um momento que eu tive que colocar a minha cabeça no lugar ou eu não poderia dar a vida que eu sempre sonhei para os meus filhos, para minha família”.

O camisa 42 agradeceu o Volta Redonda, clube que defendeu em 2017 como titular da meta. “Sou muito grato a onde começou essa caminhada, no Volta Redonda no ano passado, onde eu pude fazer um grande trabalho”, disse o goleiro antes de agradecer seu clube atual e elogiar o presidente. “Sou muito grato ao Sampaio Corrêa, que depositou toda a confiança em mim. Sérgio Frota, que presidente”.

Campeão da Copa do Nordeste, Andrey e o Sampaio Corrêa têm pela frente a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, em que tentam se livrar da zona de rebaixamento. A equipe do Maranhão ocupa a 16ª posição com os mesmos 15 pontos do CRB, primeira equipe da zona perigosa. O próximo compromisso do clube será na próxima sexta-feira, fora de casa, contra o CSA.

Fonte: Gazeta Esportiva