O lateral-direito Marcinho foi expulso no segundo tempo da vitória do Botafogo sobre o Defensa y Justicia por 3 a 0, após uma cotovelada em Alexis Castro, e vai desfalcar a equipe no primeiro jogo da segunda fase da Copa Sul-Americana.

O adversário nesta etapa da competição será conhecido por sorteio, apenas no mês de maio. Na segunda fase da Copa Sul-Americana, dez equipes oriundas da Copa Libertadores se juntarão aos 22 classificados da primeira fase.

A posição de Marcinho é a principal carência do elenco do Botafogo, já que ele é o único lateral-direito de ofício. Sem ele as opções são improvisações do zagueiro Marcelo Benevenuto, como aconteceu na Argentina, ou do volante Rickson.

Fonte: Redação FogãoNET