Assim como antes da estreia na Copa do Brasil, a situação do volante Airton para o jogo deste domingo gerou dúvida entre torcedores do Botafogo. Isso porque o volante recebeu um cartão vermelho diante do Grêmio, na última rodada do Brasileiro do ano passado.

Entretanto, o Regulamento Geral de Competições da CBF prevê que suspensões automáticas não passam de um campeonato para o do ano seguinte.

Diz o artigo 52, § 2o – “Os impedimentos automáticos referidos no caput deste artigo e no artigo 51 deste RGC consideram-se extintos se findada a competição ou a participação do clube em uma competição de caráter eliminatório.”

Para que a suspensão valesse para a competição seguinte, a Justiça Desportiva teria que aplicar uma punição além da automática. Entretanto, o processo nº 202/2016, que julgou o atleta pela expulsão, decidiu unanimemente apenas por uma advertência.

A dúvida, agora, é se ele terá condições físicas. No jogo-treino contra o Barra Mansa disputado na última quarta-feira, o jogador assustou a comissão técnica após uma queda. Entretanto, nesta quinta ele treinou apenas com um curativo no dedo.

Fonte: Extra Online