Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Extremidades no ataque do Botafogo foram preenchidas com soluções caseiras

0 comentários

Compartilhe

Luís Henrique comemora gol em Botafogo x Macaé | Campeonato Carioca 2020
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo iniciou a temporada como o clube carioca que mais se movimentou no mercado de contratações e deu nova cara ao elenco. A posição de ponta, em ambos os lados do campo, no entanto, se valeu de soluções caseiras e teve desempenho satisfatório até a paralisação do futebol pela pandemia do coronavírus. Pela esquerda, o jovem Luis Henrique se firmou como titular e vinha mostrando evolução. Do outro lado, Luiz Fernando vinha fazendo boas apresentações até a suspensão das atividades.

Com apenas 18 anos, Luis Henrique, que chegou à base do Glorioso em razão de uma parceria com o Três Passos Atlético Clube (TAC) e foi incorporado ao time principal no final do ano passado, tem sido a surpresa boa do elenco. Em 2020 se firmou como titular, pela extremidade esquerda, com apresentações que reunem força, velocidade e habilidade, em especial nos duelos um contra um. Ao todo soma 10 jogos e um gol, o primeiro como profissional

Defensivamente, o camisa 11 tem o ponto a favor de recompor rápido. Como a maioria dos jogadores jovens, entretanto, ainda precisa amadurecer na tomada de decisões de passes, dribles e finalizações.

Pela direita, Luiz Fernando vem fazendo boa temporada em 2020. Depois de um bom começo em 2018 e um 2019 em que oscilou bastante, parecia ter encontrado o melhor futebol antes da pausa. Fez oito jogos e marcou o importante gol da vitória por 1 a 0 sobre o Paraná, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Além disso, o atacante teve participação direta em três dos gols marcados pelo Botafogo em 2020, com assistências. Aos 23 anos, tem contrato até dezembro de 2021 e mostrou que pode ser uma opção interessante na ponta direita.

Aposta em jovens no banco

Além de Luis Henrique e Luiz Fernando, os mais cotados para serem titulares, o clube tem como opções para as extremidades ofensivas duas apostas dentro do elenco. Pela esquerda, o jovem Rhuan, outra cria da base teve boas atuações em 2019 e tem potencial para evoluir. Já o peruano Lecaros, que ainda não estreou com a camisa alvinegra pode atuar pelos dois lados do campo.

O técnico Paulo Autuori tem ainda a possibilidade de improvisar, eventualmente Bruno Nazário como ponta, quando Honda atuar centralizado. O camisa 10 já deu mostrar de ser um jogador inteligente taticamente e versátil.

Fonte: Terra

Comentários