Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

X

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

04/04/21 às 17:00 - Giulite Coutinho

Escudo Botafogo
BOT

1

X

1

Escudo Portuguesa
POR

Fábio Santos reclama que não fez pênalti. Mas até Mano contesta: ‘Foi sim’

0 comentários

Compartilhe

O Corinthians perdeu por 1 a 0 para o Botafogo neste sábado e saiu de campo reclamando da arbitragem. O lateral esquerdo Fábio Santos, que cometeu o pênalti depois do qual o Botafogo chegou ao gol da vitória, disse que a bola bateu em sua mão e que o juiz não deveria ter marcado a infração. Logo depois, em entrevista coletiva, o técnico Mano Menezes contestou seu comandado e disse que o marcação da penalidade foi indiscutível: “Não tem o que discutir, foi pênalti sim.”

No lance em questão, um jogador do Botafogo cruzou a bola na área e ela tocou no braço do corintiano. A bola foi chutada muito rapidamente. O árbitro, num primeiro momento, não deu a infração, mas foi alertado por um auxiliar de linha que a marcou.

Depois da partida, o lateral citou uma reunião técnica da qual ele participou na CBF, e onde lhe teriam dito que em casos como esse o juiz não deve marcar o pênalti.

“Na minha opinião não foi pênalti. Eu participei da reunião na quinta e eles nos passaram que se você pular pra bola com o braço perto do corpo não é pênalti. Aí chega aqui: pênalti. Eles pedem para gente ajudar eles, mas eles não ajudam a gente. Fica uma coisa muita confusa. Eles passam uma coisa para os jogadores, aí acontece outra”, afirmou o lateral.

O lance foi bastante contestado durante o jogo pelos jogadores em campo. Graças a ele, o Botafogo fez 1 a 0 e conseguiu segurar o placar até o fim, mesmo com um jogador a menos desde os 26 minutos do segundo tempo.

Mano Menezes, apesar de ter concordado com a arbitragem nesse lance, reclamou bastante do juiz por causa dos acréscimos dados – foram cinco minutos a mais, mas o corintiano acreditava que esse tempo deveria ser ainda maior. Mano disse que o juiz foi conivente com a cera feita pelos jogadores do Botafogo.

Por outro lado, o time carioca teve um jogador expulso de maneira também contestável.

Comentários