A “greve de silêncio” dos jogadores do Botafogo pode ser motivo de punição ao clube na Conmebol. Contra o Atlético-MG, pela Sul-Americana, os jogadores não pararam para as entrevistas ao final da partida, protocolo obrigatório da entidade.

‘Esse jogo vai virar, eu quero ser o vencedor!’
⬇ Não perca Atlético-MG x Botafogo! ⬇
Acredite na virada AO VIVO e DE GRAÇAComo assistir Atlético-MG x Botafogo ao vivo pela Copa Sul-Americana

Pela quebra da regra, a Unidade Disciplinar vai analisar o caso, que pode render de advertência à multa de até 400 mil dólares (R$ 1,5 milhão). Há outras penas mais duras, mas dificilmente serão aplicadas.

O Botafogo ainda terá de responder pela homenagem póstuma feita ao pai de um dirigente. Além de proibir o minuto de silêncio a torcedores, a Conmebol alega não ter sido informada.

Fonte: UOL