Então presidente do Santos, Modesto Roma Júnior negociava com alguns nomes para 2018 e chegou a conversar com Jair Ventura para assumir o comando técnico do time. No entanto, as exigências feitas pelo treinador do Botafogo afastaram o clube de um acordo. Zé Ricardo, do Vasco, se tornou o alvo do ex-presidente, mas o treinador sequer abriu negociação com o Santos, deixando claro o interesse de seguir em São Januário.

Com a derrota de Modesto Roma na eleição ocorrida neste sábado (9), o Santos voltou a ter Jair Ventura como a primeira opção para treinar o time em 2018. A expectativa da diretoria é que o acordo seja fechado até o fim de semana, para que o clube possa acelerar o planejamento da próxima temporada, que no primeiro semestre trem jogos pelo Campeonato Paulista, Copa Libertadores e Campeonato Brasileiro.

Fonte: UOL