Feliz com tempo para trabalhar, Oswaldo faz ressalva: ‘Não pode passar do limite’

Compartilhe:

Depois de quase quatro meses, o técnico Oswaldo de Oliveira finalmente teve uma semana livre para dar treinos a seus comandados. Apesar de ressaltar a importância do tempo para ajeitar o Botafogo, ele ressaltou a necessidade de não exigir demais dos seus jogadores por estar no fim da temporada.

– É importantíssimo ter esse período, mas estamos na reta de chegada. Dou treino olhando para o relógio e não passar do limite. Devemos preservar um ou outro, os que mais jogaram na temporada e sentem mais o ritmo. Para recuperação e recomposição do nosso time, essa semana foi muito boa. Aproveitamos para corrigir e melhorar o que tínhamos de melhor.

A última vez que o elenco ficou tanto tempo sem uma partida havia sido entre a sétima e a oitava rodada do Brasileiro, quando teve seis dias livres entre os jogos contra Grêmio e Náutico, em julho. E a pausa foi antecipada pela eliminação na Copa do Brasil. Caso avançasse, a comissão técnica só teria a brecha entre os dias 17 e 24 de novembro, nos jogos contra Atlético-PR e São Paulo, respectivamente.

Fonte: Lancenet!

Comentários