O meia-atacante Hyuri, que vestiu a camisa alvinegra em 2013, participou de 18 jogos, marcou três importantes e belos gols, já está há dois anos no futebol chinês, no Guizhou Renhe. O jogador conversou com exclusividade com a reportagem da Super Rádio Tupi, falou sobre como está a vida na China, onde vem tendo boas atuações e muitas oportunidades como titular.

“Tenho consciência de que o futebol Chinês é meio escondido, difícil para todos acompanharem.  Na China me deparei com muita coisa diferente, mas a minha adaptação foi mais rápida do que eu mesmo imaginava. Tenho mais um ano de contrato, vai até final de 2016. Minha passagem aqui está sendo muito boa. Espero que eu consiga dar seguimento a esse planejamento, de estar sempre jogando como titular. Não adianta surgir proposta de outro lugar e eu ser banco, quero chegar para disputar posição. Aqui estou tendo muito oportunidade.”

Apesar de estar longe do Rio, Hyuri falou com carinho sobre o Botafogo, afirmou que ainda acompanha o time e disse que se um dia tiver oportunidade não vai hesitar em retornar ao clube.

“Acompanho o Botafogo sempre. É complicado assistir por causa dos horários, mas sempre procuro saber os resultados. Falo muito com o Octávio até hoje. Acredito que o Botafogo vai voltar para a Série A, fizeram uma reformulação muito boa. Vejo o time atuando bem, tenho escutado bons comentários. Meu pai, que é botafoguense, tem ido aos jogos e me passa boas referências da equipe. O Botafogo vai voltar para o lugar que não deveria ter saído. O clube deu uma oscilada, mas é completamente normal, o mais importante é voltar para o caminho das vitórias, o time tem voltado e com boas atuações. O Botafogo foi um lugar que me senti muito bem, feliz, então se tiver possibilidade eu não hesitaria em voltar. Graças a Deus eu consegui deixar uma marca boa, o torcedor ainda lembra, mesmo estando dois anos longe.”

Fonte: Site da Rádio Tupi