Fellype Gabriel pede para manter postura e foca vaga na quarta

Compartilhe:

A segunda-feira é de entrega oficial da taça do Campeonato Carioca, na cerimônia de premiação da Ferj. Mas este será o último festejo dos jogadores pelo título estadual, do qual ficam lições para o restante da temporada. Para Fellype Gabriel, a conquista tem de ser não um ponto final, e sim um estímulo para o Botafogo.

“Não podemos confundir a premiação com o jogo importante de quarta-feira (com o CRB). Hoje é a festa da entrega, mas a cabeça está voltada para esse jogo da Copa do Brasil. A seriedade e o comprometimento têm sido muito importante para estarmos crescendo e evoluindo todo jogo”, explica o meia.

Um dos melhores jogadores da competição, Fellype Gabriel ficou surpreso por não estar entre os indicados para a premiação, mas sem se abalar. Afinal, o mais importante foi a conquista coletiva. O jogador acredita que novas alegrias podem vir em 2013.

“É lógico que o Campeonato Brasileiro tem grandes equipes, mas o nosso grupo está se formando forte, você vê nos treinamentos a disputa que é. Um grupo começa a ser campeão nos treinos, tanto quem está jogando como quem não está. Todo mundo é importante, não só os 11 que jogam, para podermos entrar bem na Copa do Brasil e no Brasileiro para conseguir esse título tão esperado”, almeja.

Antes de começar o Brasileirão, entretanto, há o jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil, quarta-feira, contra o CRB, no Estádio Raulino de Oliveiro, em Volta Redonda. Na partida de ida, 0 a 0.

“Eles vão ter bastante cautela, pois também viram nossos jogos no Carioca e sabem que nossa equipe vem bem. Se fizerem um gol, podem nos complicar. É preciso estar bem preparado, imprimir nosso ritmo de jogo e ter bastante atenção. Com nossa qualidade, vamos tentar fazer os gols para dar tranquilidade”, diz Fellype.

“É não mudar a nossa forma de jogo. A cada partida e treinamento, temos que aprimorar. Não é porque vencemos que não cometemos erros. Há muita conversa e troca de ideias para crescermos bastante. Nosso time evoluiu bastante em termos de cabeça e postura, não pode perder isso. É estar mais preparado, mais ligado, definir melhor a marcação e aproveitar as oportunidades que criamos”, receita.

Fonte: Site oficial do Botafogo

Comentários