Longe de figurar entre os melhores do Brasileiro, o ataque alvinegro anseia por uma retomada contra o Flamengo, sábado, no Nilton Santos. Motivos não faltam: após longa seca de gols, Brenner encerrou o jejum contra o Atlético-PR, há duas semanas.

No clássico, ele deve ser um titular impulsionado pela sombra de Kieza, que voltou a treinar após lesão no tendão de Aquiles e pode aparecer no banco de reservas.

Kieza é o artilheiro do Botafogo no Brasileiro, com os mesmos sete gols do volante Rodrigo Lindoso, que garantiu a vitória sobre o Corinthians. O zagueiro Igor Rabello, com três, balançou a rede mais vezes do que Brenner, que tem os mesmos números dos meias Leo Valencia e Luiz Fernando.

— Sabemos que a reta final será muito importante para a gente. Vamos mostrar toda a nossa vontade no clássico contra o Flamengo — avisou Luiz Fernando.

Apesar de ser o sexto pior ataque da Série A, o Botafogo está no top 10 dos times que mais acertam o alvo. A cada jogo, em média, quatro finalizações do Alvinegro vão na direção do gol, segundo o site de estatísticas “WhoScored”. Com a volta de Kieza e o alívio de Brenner após seis meses sem gols, a expectativa em General Severiano é que o setor ofensivo seja, enfim, protagonista.

O volante Jean, que terminou a última rodada reclamando de dores na coxa, deve ser substituído por Matheus Fernandes. O goleiro Jefferson e o meia João Paulo seguem em recuperação.

Fonte: UOL