Flamengo e Botafogo fazem clássico bem distante do padrão Copa no Maracanã

Compartilhe:

Palco da final da Copa do Mundo, o Maracanã reabre hoje suas portas, às 18h30, para o clássico entre Flamengo e Botafogo. Sai o glamour da competição mais importante do futebol mundial e entra a realidade do Campeonato Brasileiro, com dois clubes em crise e em busca de uma vitória para tirar o pé da lama.

Na lanterninha, o Flamengo não vence há oito rodadas — a última foi justamente no Maracanã, no 4 a 2 sobre o Palmeiras — e viveu semana turbulenta, sob pressão da torcida e demissão de Ney Franco. Com Vanderlei Luxemburgo no comando, os rubro-negros tentam se livrar de uma vez por todas da crise que o acompanha desde antes da Copa.

“O que passou, passou. Contra o Botafogo, seremos uma outra equipe. Tenho certeza”, garante Wallace. Assim como as principais seleções faziam na Copa, Vanderlei fechou o treino para não divulgar a escalação. A surpresa foi a barração de Felipe, que nem sequer foi relacionado, assim como Elano. Já Canteros e Eduardo da Silva serão aproveitados.

“Não tenho por que divulgar (a escalação). Isso é algo corriqueiro e a Copa do Mundo mostrou isso. Ninguém mostra nada aos seus concorrentes em outras áreas”, disse Vanderlei.

Já o Botafogo, após um início muito complicado, conseguiu sair da zona de rebaixamento, mas ainda precisa de uma vitória para se afastar ainda mais e diminuir o risco. O problema maior acontece do lado de fora do campo, com atrasos constantes de salários e insatisfação dos jogadores, que têm superado o problema para tirar o clube da parte de baixo da tabela.
“A torcida está vendo nosso esforço, mesmo com os salários atrasados”, disse Julio Cesar, que será titular hoje.

Sem saber se terá Emerson, que sentiu dores na virilha direita e não treinou ontem, o técnico Vagner Mancini usará o que aprendeu na Copa do Mundo para tentar implementar no Botafogo e melhorar o desempenho.

“Acho que o futebol da Copa do Mundo é mais requintado. Em termos táticos não houve grandes mudanças. O que chamou a atenção foi o futebol voltar a ser ofensivo. Embora as seleções jogassem em espaço reduzido, todas foram agressivas. Esse foi o ponto forte”, afirmou Mancini.

Ingressos à venda a partir de R$40

Para o primeiro jogo do Maracanã pós-Copa do Mundo, as bilheterias do estádio ficarão abertas das 10h até o fim do primeiro tempo. Também haverá venda em General Severiano e na Gávea. Com a promoção, os ingressos podem ser adquiridos a partir de R$ 40 (inteira) nos setores Norte e Sul.

Já as gratuidades para pessoas acima de 65 anos, crianças até 12 anos e deficientes serão distribuídas somente até a abertura dos portões do estádio, às 15h30.

A concessionária que administra o Maracanã pediu para que os sócios-torcedores dos dois clubes que compraram ingressos dos lados Leste e Oeste pela internet levem os vouchers para que possam comprovar o lugar que compraram, já que os dois setores terão assentos marcados a partir de hoje.

Fonte: O Dia Online

Comentários