A comemoração pela classificação do Botafogo para as semifinais da Copa do Brasil com a vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-MG, na última quarta-feira, teve a presença de um ídolo ilustre do clube, o ex-jogador Jairzinho, campeão do mundo em 70 e pai do treinador Jair Ventura. Presente no treino no dia seguinte à conquista da vaga, o Furacão elogiou o trabalho realizado pelo filho em meio ao momento financeiramente delicado do Glorioso.

– A alegria é maior que o sorriso do jacaré. A gente vê o objetivo sendo alcançado pela capacidade da família Ventura, pelo intermédio do Jair Ventura. Depois de tal, o Botafogo estava quase no colapso e ele trouxe o remédio adequado para que o Botafogo se encontre nessa situação de alegria total. Só vamos poder concretizar essa alegria de forma total com a taça – disse – disse.

Jairzinho destacou que o Botafogo não conta com jogadores de renome, o que faz com que todo o elenco busque aparecer positivamente, e isso se traduz em garra dentro de campo.

– A gente sabe que futebol é caríssimo, bola é cara, chuteira é cara, concentração é cara, alimentação é cara, material total é cara. Imagina tendo uma condição adequada para manter o plantel dentro do seu cronograma, é muito difícil. O Botafogo está fazendo isso, tem que dar parabéns ao seu presidente e seu corpo administrativo, à comissão técnica através do Jair e seus comandados. Botafogo vive momento especial, porque os jogadores têm uma meta. É ser conhecido dentro do mercado. Você olha aqui, sem ser o Jefferson, ninguém mais é conhecido. Os outros querem chegar ao mesmo patamar e serem lembrados para a seleção brasileira.

Famoso por ter balançado a rede em todos os jogos da Copa de 70, na campanha da conquista do tricampeonato mundial com a seleção brasileira, Jairzinho destacou a maturidade do filho que leva o mesmo nome que o seu. Para o ex-jogador, o técnico do Glorioso tem colocado em prática anos de trabalho dentro do Botafogo.

– É sinal de que o coração está bem, porque você jogando as competições que o Botafogo está jogando e conseguindo os resultados que está alcançado, de fato tem que ter um coração maior que de leão. É um momento de explosão de alegria, mas com muita humildade, para que se chegue ao objetivo que é a final. Sei que o Jair está programando isso com seus jogadores, com a comissão técnica, com a direção, que é maravilhosa. Apoiando a todos dentro das próprias dificuldades que está vivendo. O objetivo está chegando quase ao seu final. Vai chegar positivamente – disse.

O Botafogo encara o Flamengo nas semifinais da Copa do Brasil, com duelos marcados para os dias 16 e 23 de agosto. O Glorioso volta campo diante do São Paulo, de novo no Engenhão, pela 17ª rodada do Brasileirão, no próximo sábado, às 16h (de Brasília).

Fonte: SporTV.com