Precisando de uma vitória urgente no Campeonato Brasileiro, o Botafogo terá a difícil missão de bater o Atlético Paranaense, no próximo domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba. Sendo assim, o volante do alvinegro, Gabriel, só pensa no resultado positivo, que deixaria o clube carioca um pouco mais tranquilo na classificação.

”Estamos totalmente preparados para irmos lá e neutralizarmos os pontos fortes deles, que têm o Marcelo, que é um atacante que está em um momento muito bom. Nunca joguei com portões fechados e tenho certeza que o clima muda bastante, mas a concentração da gente tem que ser a mesma. É um jogo de Campeonato Brasileiro, vale três pontos e vamos fazer de tudo para conquistarmos a vitória”, declarou.

Sobre a crise interna que o Glorioso vive, Gabriel diz que em momento nenhum pediu ou até mesmo pedirá para sair. Segundo o atleta, a principal intenção neste momento é tentar deixar de lado a turbulência, e contar com o apoio dos torcedores.

”Essa atitude não seria a mais correta nesse momento. Não é fácil o momento na tabela e fora de campo. Quanto menos a gente se preocupar com isso, melhor para o grupo, para trazer a torcida para o nosso lado. Temos que jogar por eles, pela nossa família e pelo Botafogo, que merece o respeito de todos os jogadores. A gente sabe que a diretoria esta fazendo o possível, é uma situação difícil, mas a gente tem total confiança que isso um dia, mais cedo ou mais tarde, vai ser pago. Fazemos de tudo para deixá-lo tranquilo e não se preocupe com essa parte financeira”, finalizou.

Fonte: Futnet