Tempo e trabalho. Em sintonia com os jogadores e com a torcida, Eduardo Barroca tem apostado na fórmula durante o recesso no Campeonato Brasileiro. E o zagueiro Gabriel garante que o treinador tem o grupo na mão, totalmente consciente do que precisa fazer para não perder fôlego na tabela na volta da competição. Com 15 pontos, o Alvinegro ocupa o sétimo lugar, mas está colado no G-4, separado pela diferença de apenas um ponto.

“Está sendo muito proveitoso, (Eduardo) Barroca propôs que na primeira semana ele daria ênfase na pressão, e ele tem conseguido. Temos trabalhado muito, o treino está muito intenso, ele está conseguindo implantar a filosofia de trabalho dele”, destacou o zagueiro.

Com a limitação financeira do clube, o treinador, com formação na base do clube, foi a aposta da diretoria para arrumar a casa alvinegra. Estudioso da bola, Barroca conquistou o grupo pelas ideias colocadas em prática e pelo diálogo firme e aberto com os comandados.

“Barroca é um cara de coração bom. Ele nos cobra com uma palavra mais firme, mas faz com total respeito. A gente entende perfeitamente, e ele nos entende da mesma forma. Ele tem o grupo nas mãos”, avaliou Gabriel.

Na volta do Brasileiro, o Glorioso terá pela frente o Cruzeiro, dia 14, às 16h, no Mineirão. Depois de anunciar a contratação de Victor Rangel, ex-CRB, o Botafogo engatilhou a contratação de Biro Biro. Em fim de contrato com o São Paulo, o atacante, de 24 anos, será oficializado em julho e deverá assinar contrato com duração de três anos.

Agora, a diretoria prioriza a contração de um armador. Após a saída de Ferrareis para o Avaí e do pedido do chileno Valencia para treinar à parte até definição de seu futuro, Eduardo Barroca pediu reforços para o setor.

Fonte: O Dia Online