Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Gabriel mantém contato com Seedorf e diz: ‘Ele subiu o patamar do Botafogo’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Revelado para o futebol brasileiro pelo Botafogo, Gabriel não se esqueceu dos momentos em que passou no clube carioca e principalmente da amizade que fez com Seedorf. O volante do Corinthians afirmou que mantém contato com o holandês até hoje e que o ídolo do Milan usa o e-mail para se comunicar.

Convidado do Resenha ESPN, Gabriel brincou com o fato de Seedorf não estar por dentro das tecnologias mais modernas, mas em contrapartida exaltou o que o ex-jogador fez no Botafogo.

“O Seedorf é um cara que eu tenho contato até hoje. Ele me manda e-mails, ele é mais do e-mail mesmo, Whatsapp acho que ele não está muito atualizado ainda, ele vai no e-mail (risos). Aí eu falei, ‘tá bom, vai. Deixa o ‘Sidão’ aí’”, brincou Gabriel.

“Quem sou eu para falar do Seedorf, né? Quatro Champions League, se não me engano, tudo que ele fez no futebol. Ele subiu o patamar do Botafogo também no momento em que ele chegou, levamos o Botafogo para a Libertadores, onde fazia 16 anos que a equipe não chegava. Então foi um cara que fez a diferença para nós e para mim faz até hoje”, completou.

O camisa 5 corintiano se emocionou com o carinho que ainda tem de Seedorf, que mostra preocupação com ele e com sua família nas mensagens de e-mail.

“Ele escreve meio enrolado, né, tem até uns erros de ortografia, que é normal. Mas ele é poliglota, fala tudo quanto é tipo de língua e ele pergunta como eu estou, como está a minha família. Ele chegou a conhecer meus pais, meu pais sempre foram muito presentes na minha trajetória e ele pergunta”, disse.

“E eu torço para que o Seedorf dê certo na carreira de treinador, sei que ele não começou tão bem, assumiu o Milan em uma situação que não estava boa e acabou, no meu ponto de vista, dando um passo a mais, porque para mim não era o momento. Mas tenho certeza que ele dará muito certo, porque é um cara muito inteligente”, completou.

Gabriel e Seedorf jogaram juntos por dois anos no Botafogo. Pela equipe carioca, além de conseguir levar o time para a Libertadores após quase duas décadas, conquistaram o Carioca de 2013.

Notícias relacionadas
Comentários