Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, o zagueiro Gabriel falou da felicidade de ver o companheiro Carli de volta aos treinos no Botafogo. O argentino fez apenas três jogos na temporada, quando se machucou e precisou passar por uma cirurgia no joelho direito, em fevereiro. Agora, ele está à disposição do técnico Eduardo Barroca e já deve jogar, junto com Gabriel, contra o São Paulo, no próximo sábado, no Morumbi, pela estreia do Campeonato Brasileiro.

– Vejo com muitos bons olhos a volta do Carli. Mas sem deixar de ressaltar o belo trabalho do Marcelo. Carli é capitão e referência, ficamos felizes. O Botafogo tem a ganhar com isso. Barroca também – comentou Gabriel.

Por falar no novo treinador do Botafogo, ele pareceu fascinado com Eduardo Barroca. Em quase todas as perguntas, ele falava bem do técnico, que completou 37 anos nesta segunda-feira. O defensor afirmou que o comandante quer o Alvinegro com muitas posse de bola e agressividade.

– Barroca tem proposto ter muito a posse de bola, mas não só isso. Tem que ser agressivo, jogar no campo adversário, atacar os espaços. Botafogo tem condição de ser protagonista em todos os jogos, buscar sempre vencer. Temos esse pensamento. A metodologia do trabalho dele é interessante. É um treinador jovem, tendo sua chance. Estamos satisfeitos com o que ele vem passando, trabalho muito interessante – opinou Gabriel.

Por fim, ele falou do São Paulo e pediu que o time “saiba sofrer”.

– Vi o jogo do São Paulo. É um adversário muito difícil, sabemos como é jogar no Morumbi. Mas estamos nos preparando bem. Em determinados momentos do jogo, o São Paulo vai se impor, mas temos que ter a cabeça boa, saber sofrer – concluiu.

Fonte: Terra