Que privilégio o nosso de ter Gatito Fernández no gol do Botafogo! Estudo feito pelo site Globoesporte.com e divulgado nesta quinta-feira apontou o goleiro alvinegro como o principal pegador de pênaltis do Campeonato Brasileiro, considerando o desempenho de 2013 a 2019.

Continua Depois da Publicidade

Gatito Fernández teve 15 pênaltis cobrados contra ele, e apenas nove entraram – um aproveitamento dos cobradores de apenas 60%. E com um detalhe: estes seis pênaltis perdidos foram todos defendidos por ele – não houve chute para fora ou na trave.

A contagem de pênaltis defendido por Gatito teve duas defesas em seis cobranças pelo Figueirense e quatro defesas em nove pelo Botafogo.

O ranking do “Espião Estatístico” do Globoesporte.com reúne apenas quem teve 14 ou mais cobranças contra ele – isso representa ao menos 40% do goleiro com mais pênaltis contra, que foi Weverton, atualmente no Palmeiras.

Continua Depois da Publicidade

Atrás de Gatito, com um aproveitamento contra de apenas 60%, estão Vanderlei (Coritiba e Santos, com 64,3%), Douglas Friedrich (Avaí e Bahia, com 68,8%), Victor (Atlético-MG, 69,2%) e Diego Alves (Flamengo, 71,4%).

Isso só no Brasileirão…

Esse estudo, é bom lembrar, levam conta apenas o Brasileirão. Mas a torcida do Botafogo guarda com imenso carinho o desempenho de Gatito na Libertadores de 2017, quando defendeu três cobranças na terceira fase preliminar contra o Olimpia, em Assunção.

Continua Depois da Publicidade

O paraguaio defendeu ao todo 12 pênaltis com a camisa do Botafogo: quatro no Brasileiro (Jô, do Corinthians, Cueva, do São Paulo, Marcelo Oliveira, do Grêmio, e Carleto, do Coritiba); três na Libertadores (as três diante do Olimpia) e três na Copa do Brasil (Diego Souza, do Sport, e as duas na disputa recente diante do Náutico na segunda fase deste ano).

Confira o ranking feito pelo Globoesporte.com:

Fonte: Globoesporte.com
Continua Depois da Publicidade