Foi com drama, como sempre é. Nos pênaltis e com brilho do goleiro Gatito Fernández, o Botafogo despachou o Náutico por 4 a 3 após empate em 1 a 1 no tempo normal na noite desta quarta-feira, nos Aflitos, e garantiu a vaga na terceira fase da Copa do Brasil. A partida também marcou a estreia do técnico Paulo Autuori no Glorioso.

Banner da loja do FogãoNET para faixa japonesa

Logo no primeiro minuto, o Náutico assustou um modificado Botafogo. Após bola alçada na área, Matheus Carvalho apareceu sozinho e cabeceou, mas a bola foi nas mãos de Gatito Fernández. Porém, o Glorioso respondeu aos 10 minutos, com Bruno Nazário, de fora da área, testando o goleiro Jefferson.

A melhor chance alvinegra foi aos 16: Cícero cruzou da esquerda e Danilo Barcelos, dentro da pequena área, pegou meio mascado de cabeça e escorou para fora. O Glorioso fazia bom jogo, mas sofreu o gol no final do primeiro tempo. Aos 43, Paiva rolou e Jean Carlos, de canhota, venceu Gatito com um chute rasteiro: Náutico 1 a 0.

O Botafogo precisava sair mais para o ataque, mas o jogo não fluía. Até que Luiz Fernando foi acionado pelo técnico Paulo Autuori e, em sua primeira jogada, cruzou para Bruno Nazário empatar de cabeça, aos 23 minutos.

O empate levaria aos pênaltis, e o Náutico foi mais ao ataque a partir daí. Jorge Henrique (aquele) furou uma bola dentro da pequena área, sem goleiro. E depois, aos 37, Erick recebeu livre de frente para o gol, mas Gatito Fernández saiu fora da área e defendeu com os pés, evitando que o Náutico ficasse em vantagem novamente no placar.

Na disputa por pênaltis, brilhou a estrela alvinegra. Gatito Fernández foi o herói, defendendo duas cobranças, sendo uma delas a derradeira, de seu compatriota Paiva. O Botafogo está na terceira fase da Copa do Brasil, e agora aguarda o vencedor do duelo entre Paraná e Bahia de Feira, que ocorre apenas na semana que vem.

Próximos jogos do Botafogo

O Botafogo terá um intervalo de 10 dias até a estreia na Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca, dia 1º de março, às 19h, contra o Boavista, no Estádio Nilton Santos. A partida pode ser a primeira de Honda com a camisa alvinegra. Os duelos contra Paraná ou Bahia de Feira, pela terceira fase da Copa do Brasil, serão apenas nos dias 11 e 18 de março.

FICHA TÉCNICA
NÁUTICO (3) 1 X 1 (4) BOTAFOGO

Estádio: Aflitos
Data/Hora: 19/02/2020 – 21h30
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Leone Carvalho Rocha (GO) e Edson Antônio de Sousa (GO)
Renda e público:
Cartões amarelos: Matheus Carvalho, Rhaldney e Josa (NAU); Danilo Barcelos, Thiaguinho, Barrandeguy e Gatito Fernández (BOT)
Cartões vermelhos:
Gols: Jean Carlos 43’/1°T (1-0) e Bruno Nazário 23’/2°T (1-1)
Pênaltis: Jean Carlos, Jhonnatan e Josa marcaram, Ronaldo Alves e Paiva perderam (NAU); Pedro Raul, Alex Santana, Bruno Nazário e Danilo Barcelos marcaram, Luiz Fernando perdeu (BOT)

NÁUTICO: Jefferson; Hereda, Ronaldo Alves, Diego e Wilian Simões; Luanderson (Josa 28’/2°T), Rhaldney (Jhonnatan 41’/1°T) e Jean Carlos; Paiva, Matheus Carvalho (Jorge Henrique 5’/2°T) e Erick – Técnico: Gilmar dal Pozzo.

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Barrandeguy, Marcelo Benevenuto, Ruan Renato e Guilherme Santos (Luiz Fernando 21’/2°T); Thiaguinho, Alex Santana, Danilo Barcelos e Bruno Nazário; Luis Henrique (Warley 34’/2°T) e Cícero (Pedro Raul – Intervalo) – Técnico: Paulo Autuori.

Fonte: Redação FogãoNET