O goleiro do Botafogo Gatito Fernández foi o convidado do quadro “Papo de Gringo”, do canal SporTV, onde bateu um papo com o sérvio Petkovic, ex-jogador e hoje comentarista. O paraguaio contou um pouco sua história e suas ambições, como jogar a Copa do Mundo de 2022 e conquistar um título importante pelo Botafogo.

O camisa 1 alvinegro não teve dúvidas quando perguntado quem pega mais pênaltis, ele ou Diego Alves. A resposta foi óbvia: Gatito.

Leia alguns trechos da entrevista:

– Por que o apelido Gatito?

Por causa do meu pai, Gato Fernández. Ficou para mim, a princípio não gostava. Hoje em dia gosto e já me acostumei.

– Quem é melhor? Gatito ou Gato?

Meu pai foi um grande goleiro. Pela minha idade tenho muito para melhorar e para superar ele ainda.

– como foi substituir Jefferson?

Quando cheguei aqui sabia que tinha pressão em cima, Jefferson é o grande ídolo, foi meu companheiro de trabalho. Sabia que tinha que dar o meu melhor. Procurei fazer as coisas simples para não me complicar. Assim me ajudou a conquistar o torcedor do Botafogo, estou feliz que todo mundo me respeita.

– Pegador de pênaltis?

Esse ano estou fraco, não peguei nenhum (risos). Ninguém bateu.

– Onde aprendeu a defender pênaltis?

Onde mais me destaquei foi aqui no Brasil. Quando pequeno meu pai me ensinou bastante, ficava atrás do gol falando para onde eu pular. Isso me ajudou a estudar o batedor.

Amadureci muito como goleiro aqui. Nos outros clubes era muito jovem, aqui cheguei com idade importante, amadureci, vi um futebol diferente, prestei atenção no meu trabalho, na parte tática e em conhecer os jogadores. Hoje consigo ter leitura boa dos batedores.

– Orgulho para o pai?

Meu pai sentiu bastante orgulho na primeira convocação para a seleção paraguaia, que foi para a Copa América 2011, quando cheguei ele estava chorando em casa de tão feliz. Ele é um cara frio, nesse dia ficou tão emocionado que chorou.

– Quais são seus objetivos?

Estou com muita vontade de estar na seleção e jogar. Meu sonho é me afirmar na seleção nessa Copa América, me firmar para estar nas Eliminatórias e na Copa do Mundo do Qatar. Quero fazer história no meu clube também, conquistar um título mais importante. Não que o Carioca não tenha importância, mas um de mais expressão (nacional ou internacional).

– Três melhores goleiros do Brasil?

Fábio, Cássio e Gatito

– Três melhores goleiros do mundo?

Alisson, Oblak e Ter Stegen, que para mim é o melhor

– Quem pega mais pênaltis? Gatito ou Diego?

Gatito

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV