Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 00:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Gatito revela falta de cuidado dos médicos e diz que fica no Botafogo: ‘Quero fazer parte dessa reconstrução’

93 comentários

Compartilhe

Gatito Fernández - Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Sem atuar pelo Botafogo desde setembro por conta de um problema no joelho e chamado de covarde pelo ex-presidente Carlos Augusto Montenegro, Gatito Fernández voltou a falar. Em entrevista ao “SporTV News” desta terça-feira, o paraguaio rebateu as acusações do ex-dirigente de que teria pedido para deixar o clube e reforçou que não só vai permanecer, como também quer participar da reconstrução na Série B.

Eu fico no Botafogo. Meu contrato é até o final deste ano. Falam-se tantas coisas, que se caísse para Série B eu sairia, coisa que nunca falei. Gostaria bastante de poder superar esse números (se tornar o estrangeiro com mais jogos, tem 150, contra 180 de Fischer). Quero fazer parte dessa reconstrução do clube – afirmou Gatito, irritado com as declarações de Montenegro:

– Senti-me bastante agredido. Surpreendeu-me pela gravidade da palavra que ele usou, covarde. Não é a primeira vez que me ataca, vai fazer cinco anos que estou no clube e é a terceira vez que me ataca.

Gatito revelou ainda certa mágoa com a equipe médica do Botafogo. Ainda sem estar totalmente recuperado, ele atuou em jogo do Paraguai pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa, no começo de outubro, o que parece ter agravado a lesão.

Pode ter sido um erro meu querer ter ido para a seleção, mas não sou médico, não sabia a gravidade da lesão. Jogador sempre quer jogar, assim como já joguei muitas vezes machucados em clubes, como no Botafogo. Se soubesse da lesão e que poderia prejudicar minha carreira, não me arriscaria, porque poderia perder mais jogos pela frente. O pessoal da parte médica poderia ter mais cuidado comigo, falando que eu não poderia ir e não poderia jogar. Falaram que eram somente 15 dias. Hoje estou usando muletas, evitando carga no joelho e fazendo só fisioterapia – frisou.

Assista ao vídeo abaixo e inscreva-se no canal do FogãoNET no YouTube:

Canal do FogãoNET no YouTube - Notícias e vídeos sobre o Botafogo

Siga o @fogaonet no Instagram e fique por dentro das últimas notícias do Botafogo:

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV

Comentários