O goleiro Gatito Fernández não reclamou dos torcedores que se manifestaram na última quinta-feira quando o time desembarcou após enfrentar o Avaí. Ele alegou não ter visto o que aconteceu, mas disse que a cobrança é natural, especialmente devido ao momento pelo qual a equipe passa

– Eu saí rápido então não vi muito o que falaram. Sei que tem muita cobrança, mas é normal. Botafogo é grande, tem torcida grande, então é normal cobrarem quando os resultados não vêm. Esperavam que vencêssemos o Avaí e não vencemos, então tem que cobrar mesmo.

O Botafogo empatou com o Avaí, equipe da zona de rebaixamento, na última quarta-feira. Com a vitória do Flamengo na quinta, o Alvinegro foi para a sétima posição, a última da zona de classificação para a Libertadores.

Cerca de dez pessoas abordaram os atletas após o desembarque e exigiram a classificação para a Libertadores. O goleiro da equipe afirmou que esse é mesmo o maior objetivo do time, e que ele espera passar para a próxima edição.

– Como clube grande, temos que procurar o ponto mais alto. Temos obrigação, acho, de voltar para a Libertadores pelo bom campeonato que estamos fazendo.

O goleiro estava com o prêmio de melhor da posição na última Copa do Brasil, que ele venceu pelo voto popular.

– Esse prêmio representa algo muito importante na minha carreira, porque estou recebendo fora do meu país. Acho que esse ano a melhor forma de encerrar seria estar na Libertadores do ano que vem.

Fonte: Extra Online