Dez dias depois do último jogo do Botafogo, o Alvingero fecha as preparações para a partida contra o Juventude, pela Copa do Brasil, na próxima quinta-feira. Gatito Fernández falou, em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira, no Estádio Nilton Santos, que a equipe evoluiu nesse período sem partidas.

– Acho que o foco principal é a engrenagem do nosso grupo e time em campo. Nesses 10 dias que tivemos de preparação para o jogo caíram muito bem para Zé Ricardo e para nós. Acho que é um ponto que vejo que melhorou. Nosso time está pegando corpo e estamos no caminho certo – afirmou.

Apesar da campanha irregular no Campeonato Carioca, o paraguaio espere que a torcida compareça em peso no Estádio Nilton Santos, assim como em outras ocasiões recentes de partidas eliminatórias. Nas palavras do goleiro, um triunfo pode ser importante para o começo do Campeonato Brasileiro.- A melhor maneira de nos afirmar com o grupo é passo a passo. Temos um adversário difícil pela Copa do Brasil. Fazer o nosso melhor no primeiro jogo, depois no segundo. Assim vamos ganhando confiança do grupo e da torcida. É importante trazer a torcida, porque eles são uma força a mais que temos. É a melhor maneira de chegar bem no Brasileiro – comentou.

Gatito reconheceu que a torcida pode pressionar por um bom resultado por conta do desempenho do Botafogo no Estadual, mas enxerga esse fator como algo usual dentro da realidade da equipe.

– Acredito que a nossa torcida vai querer que a gente consiga essa vitória. A gente ficou fora do Carioca, então a cobrança vai existir, mas não é algo que saia do normal. Cobrança sempre tem em qualquer campeonato que jogamos. É normal dentro do clube – completou.

Fonte: Terra