Um dos destaques do Botafogo nesse início de temporada é o lateral-direito Gilberto. Revelado no próprio clube, o jogador esteve emprestado ao Internacional em 2014 e não participou da campanha do rebaixamento para a Série B. Como não acertou a permanência no time gaúcho, ele retornou ao Glorioso para ser titular da equipe nessa temporada. Com 21 anos, Gilberto acredita que a trajetória no Colorado foi abreviada por conta de problemas de relacionamento dentro do elenco.

“Não sei muito bem porque não fiquei no Internacional, mas por ter personalidade forte, acabei discutindo com alguns jogadores. Isso pode ter me prejudicado no clube. A diretoria reclamava muito comigo dessa postura. Até com o D’Alessandro já tive uma briga. Mas como tinha contrato com o Botafogo, decidi voltar para o Rio”, admite o lateral, que agora está focado no Glorioso.

“O Botafogo me ajudou bastante até aqui, por isso quero retribuir esse apoio. O sonho de todo mundo é jogar lá fora, mas quero muito ficar mais um tempo. Meu objetivo é até buscar um título para essa torcida e depois pensar numa transferência internacional”, adianta.

Ainda em relação uma possível futura negociação, mas para um clube da primeira divisão do país, Gilberto reafirma a vontade de ajudar o Alvinegro.

“Minha prioridade ainda é o Botafogo. Sei que se fizer um bom Carioca, ser campeão e ter boa atuações, podem fazer chegar algumas propostas. Basta a diretoria saber o que será melhor para o clube”, disse o camisa 2, que está empolgado com o início da campanha do Glorioso no Campeonato Carioca.

“O pensamento sempre tem que ser em títulos. Nosso primeiro objetivo é recuperar a auto-estima do torcedor, depois de tudo que aconteceu no ano passado, principalmente com o rebaixamento. O grupo está focado e bem disciplinado. Há cobrança de todos os jogadores e da maneira correta. Agora que a gente viu que é possível, então vamos lutar pelo título do Carioca”, garante Gilberto.

Ainda nas categorias de base e buscando a realização do sonho em ser jogador de futebol, ele atuava no meio do campo. Mas uma decisão de um treinador, o fez mudar de posição. A decisão fez Gilberto começar a observar outros destaques da função.

“No CFZ, o técnico Fernando Vannucci me colocou na lateral-direita e gostei da posição. A partir disso, comecei a acompanhar outros jogadores. Sempre gostei muito do Cafu e do Leonardo Moura. Hoje, meu espelho é o Daniel Alves. Gosto muito das caracteristicas dele no Barcelona e na Seleção”, revelou.

Natural do Rio de Janeiro, o lateral-direito Gilberto já teve uma passagem pela Seleção Brasileira sub-20 em 2012.

O Futebol de Verdade é apresentado pela Rádio Globo toda segunda-feira às 20h, com Felippe Cardoso, Zico e Juninho Pernambucano.

Fonte: Site da Rádio Globo