Na teoria, o mistério nas escalações deveria ser menor neste Brasileiro. Uma mudança realizada pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) no Regulamento Geral de Competições (RGC) aumentou de 45 para 60 minutos o tempo máximo para a divulgação dos relacionados de cada clube antes das partidas em relação a 2013. A exigência, no entanto, não vem sendo cumprida à risca neste início de campeonato e deixou a Rede Globo insatisfeita.

Detentora dos direitos de transmissão, a emissora carioca encaminhou a reclamação para a CBF, que deixou, então, a cargo das federações realizarem a cobrança aos seus filiados.

O ESPN.com.br teve acesso ao alerta feito pelos representantes estaduais, em alguns casos, em caixa alta, solicitando aos dirigentes através de ofício que observassem a alteração feita no artigo 72 do regulamento geral da entidade.

ESPN.com.br

texto marcus
As federações entraram em contato com os clubes na última semana

Essa não é a primeira vez que a Globo manifesta a sua discordância com o tratamento concedida a ela pelos representantes das equipes. O diretor executivo Marcelo Campos Pinto já havia enviado e-mail aos presidentes dos times pedindo mais privilégios na cobertura em treinos e jogos na última temporada.

A princípio, os supervisores seriam os responsáveis pelo processo, mas, no fim das contas, a a liberação das escalações depende essencialmente dos treinadores. Na maioria das vezes, segurar até o último momento o nome dos titulares é utilizado como estratégia para surpreender o adversário.

Entre os cartolas, a mudança não é criticada.

Diante da confusão causada pelo rebaixamento da Portuguesa no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), é cogitada por eles como medida para evitar a escalação irregular de atletas a apresentação através dos delegados de quem está disponível ou não antes das partidas. Esse comunicado aconteceria a partir da divulgação dos relacionados pelos times, reduzindo, assim, as chances de presença de jogadores sem condição no gramado ou no banco de reservas.

ESPN.com.br

texto marcus 72
Regulamento Geral de Competições (RGC) da CBF
Fonte: ESPN.com.br