Dois clássicos e dois gols. Diego Souza, um dos principais reforços do Botafogo para a temporada, balançou as redes duas vezes pelo Glorioso no Campeonato Brasileiro: contra o Vasco, em junho, e Flamengo, no último domingo. O tento contra o Rubro-Negro, inclusive, pode ser importante para o futuro do Alvinegro, que entra em uma semana decisiva, por conta da partida contra o Atlético-MG, na Sul-Americana – no primeiro jogo, disputado no Rio de Janeiro, o Galo venceu por 1 a 0.

Diego Souza é um dos jogadores mais técnicos do elenco do Botafogo, sendo peça central para o funcionamento da equipe de Eduardo Barroca, seja para recuar e ajudar a criação de chances no meio-campo quando o time tem a bola, ou para fazer o trabalho de pivô quando a equipe adota uma postura reativa.

Contra o Flamengo, o camisa 7 balançou as redes após uma cobrança de falta. Se aproveitando do posicionamento da barreira montada pelo Flamengo, Diego Souza finalizou com efeito e viu a bola bater na parte lateral da meta. Este, inclusive, foi o primeiro gol de tiro livre marcado por um jogador do Botafogo desde o gol de Léo Valencia contra o próprio Flamengo, no segundo turno do Campeonato Brasileiro do ano passado.

A confiança de Diego Souza é um fator importante para o Botafogo, que precisa marcar gols se quiser sonhar com a classificação para as quartas de final da Copa Sul-Americana. No último domingo, a equipe de Eduardo Barroca deu fim ao jejum sem balançar as redes, o que durava desde a partida contra o Grêmio, antes do início da Copa América.

A efusiva comemoração de Diego Souza após a falta foi a prova de que o atacante também se livrou de uma marca negativa, já que, antes disto, estava a cinco jogos sem marcar. O atacante já havia manifestado, publicamente, a auto cobrança por mais gols e a confiança adquirida no clássico será essencial para a atuação do jogador contra o Atlético-MG.

Fonte: Terra