Gottardo: ‘Faixas e entrevistas não resolvem. Quero que o jogador faça sua parte’

Compartilhe:

Convidado do Bate Bola 1ª edição, Wilson Gottardo, ex-jogador e atual gerente de futebol do Botafogo, falou sobre o atual momento financeiro da equipe. Ele afirmou que o vestiário está ‘leve’ e que os jogadores estão motivados para tirar a equipe desta situação. Apesar disso, ele afirmou que apenas o trabalho trará mudanças e que faixas e entrevistas não resolvem: ‘Não acho justo jogador falar que não fez a festa da filha porque não tinha dinheiro’.

– Só quero que jogador faça a sua parte, como estou tentando fazer a minha. Se o atleta desistir, o Botafogo estará em situação pior ainda. É um assunto polemico e desgastante, não será resolvido com faixas e entrevistas. Apesar de não estarem recebendo, eles são profissionais do clube. Todos os jogadores têm meu telefone, eu trago solução. Não acho justo um jogador dizer que não fez a festa da filha porque não tem dinheiro. Não são todos os atletas que têm direitos de imagem. E todos os atletas que recebem menos de R$ 10 mil estão em dia. A situação é difícil, mas também não tanto como estão passando. O Botafogo está errado, mas é preciso calma nas avaliações – pede.



Fonte: ESPN.com.br e Redação FogãoNET
Comentários