O mundo dá muitas voltas. Frase batida e considerada clichê, mas se encaixa perfeitamente para o momento de Luis Guilherme. Depois de chegar aos 11 anos ao Botafogo e ficar por lá durante 12 anos, Luis se despediu do futebol para se dedicar à faculdade de Psicologia. Após conquistar o diploma, o goleiro decidiu aceitar mais um desafio: voltar a ser atleta profissional para disputar a Segunda Divisão do Campeonato Carioca, a Série B1, pelo São Gonçalo Esporte Clube.

Feliz por estar de volta ao futebol, Luis Guilherme concedeu entrevista exclusiva ao Esporte Interativo, elogiou a estrutura do São Gonçalo Futebol Clube e traçou novo objetivo na carreira: tirar o status de promessa do Botafogo.

Como está sendo retornar ao futebol?

Fiquei muito tempo parado, afastado do futebol. Diferente de você estar alí vivendo o dia a dia. Está sendo muito gratificante retornar às atividades. Passei um período em que tinha uma certeza e um objetivo, que era de terminar a faculdade. E, depois, de algumas incertezas. Não sabia como ia ser. Se voltaria ao futebol. Hoje estou bastante tranquilo e feliz com tudo que está acontecendo.

O que te fez voltar ao futebol?

Uma coisa que sempre falo… Eu não sou um psicológico jogador de futebol. Eu sou um jogador de futebol formado em psicologia. Eu achei que era importante começar a faculdade. Em um certo momento que achei que fosse possível coinciliar as duas atividades. Mas chegou uma hora que tive que priorizar a faculdade. Em nenhum momento parei de jogar futebol. Era uma coisa que ajudaria bastante a minha vida. Agora sei que posso trabalhar mais calmo, sei que tenho um respaldo. Tenho uma atividade que não é o futebol exclusivo.

Luis Guilherme durante treinamento no São Gonçalo Esporte Clube (Foto: Assessoria)
Luis Guilherme durante treinamento no São Gonçalo Esporte Clube (Foto: Jhonathan Jeferson/SGEC)

Tentou retornar ao Botafogo?
Não. O meu ciclo quando encerrou lá no clube (Botafogo), eu compreendi que era momento de traçar novas rotas na minha vida. Passei 10 anos da minha vida no Botafogo. Mas chega um momento que a gente precisa seguir em frente. Pode ser que um dia eu volte, a gente nunca sabe. Mas chega um momento que o ciclo se encerra. Hora de buscar novas oportunidades na vida.

Nos tempos de Botafogo, você afirmou que via o goleiro Jefferson como um livro a ser lido. Ainda pensa dessa forma?

Penso dessa forma ainda. Não só ele. Especialmente ele, porque foi o maior expoente que eu tive a oportunidade de conviver diariamente. Ele é um cara que me ajudou muito. Era um cara que chamava muito a atenção. O Jefferson é praticamente uma unanimidade no que as pessoas falam sobre ele.

Luis Guilherme ao lado de Jefferson, nos tempos de Botafogo (Foto: Vitor Silva/SS Press/Botafogo)
Luis Guilherme ao lado de Jefferson, nos tempos de Botafogo (Foto: Vitor Silva/SS Press/Botafogo)

Como você avalia a estrutura do São Gonçalo Futebol Clube?

A diferença é logicamente muito grande. Porque nós estamos falando do Botafogo que é um dos quatro grandes do Rio de Janeiro, clube de Série A… O São Gonçalo é um clube jovem, que segue um modelo de gestão recente: arcar com os seus compromissos dentro do combinado. A diretoria vem fazendo um ótimo trabalho. É um clube que tem todos os salários em dia, se não me engano é quinzenal, estilo empresarial. Tem uma estrutura de trabalho também muito boa. Um time novo, um time que precisa de tempo para evoluir e ampliar o seu mercado. Mas tem um modelo de gestão que elogio bastante.

Qual vai ser o maior desafio nesse retorno ao futebol?

Acho que é tirar o status de promessa. Porque fiquei muito marcado como o “prodígio”, “a promessa”… é muito ruim você carregar isso. Sempre que tem uma matéria, o meu nome é automaticamente vinculado ao Botafogo. Isso não é ruim, mas, para mim, esse vai ser o maior desafio nesse meu retorno. Preciso mostrar que essa promessa mesmo não sendo no Botafogo, ela conseguiu vingar. É uma tarefa árdua. Confio no meu potencial. Com paciência e trabalho, espero que as coisas aconteçam da melhor forma possível.

Fonte: Esporte Interativo