Com passagem importante pelo Botafogo entre os anos de 2016 e 2017, o meia Camilo vai reencontrar o ex-clube pela primeira vez no Estádio Nilton Santos, quando estará em campo com a camisa do Internacional. O jogador acredita que voltar à casa alvinegra será especial por tudo que aconteceu em sua passagem pelo Glorioso, e vive a expectativa se será recebido com vaias ou aplausos.

– Fica a expectativa de pisar novamente no Estádio Nitlon Santos. É um carinho muito grande que tenho pelo Botafogo, por todos os profissionais com os quais eu trabalhei. Meu respeito não vai mudar independente do que aconteça, vaia ou aplauso. Dentro do futebol acaba ocorrendo coisas que podem deixar uma situação chata, mas tenho todo o respeito pelo Botafogo – disse Camilo, à Rádio Globo.

O jogador, que marcou 7 gols em 58 jogos com a camisa alvinegra, afirmou que não irá comemorar se marcar diante do Botafogo neste domingo. O Internacional é um dos postulantes ao título brasileiro.

– Continuo com a mesma opinião (do jogo no Beira-Rio, no primeiro turno): não comemorarei. Devo muito ao Botafogo por tudo que me proporcionou, foi praticamente um ano inteiro de muitas coisas boas, de conquistas pessoais das quais jamais vou esquecer. Estou muito feliz também pelo que o Internacional me propõe, estamos em busca de grandes objetivos. É mais um jogo difícil para tentar encostar no Palmeiras e conseguir atingir o objetivo de ir à Libertadores – completou.

Fonte: Redação FogãoNET e Rádio Globo