O Botafogo está há oito jogos sem conhecer a palavra derrota no Campeonato Brasileiro. O resultado disso é que o time caminha a passos largos para conquistar uma vaga na Copa Libertadores. Atualmente, o Glorioso aparece na quinta colocação, com 55 pontos conquistados, a cinco de vantagem sobre o Corinthians, o melhor colocado fora do G6 (zona de classificação para o torneio continental).

Apesar dessa confortável vantagem a quatro rodadas do fim da competição, o Botafogo minimiza a diferença de pontos para os concorrentes diretos. “Não estamos preocupados com a distância que abrimos em relação aos nossos concorrentes e sim em somar o máximo de pontos. Existe uma pontuação que, se for atingida, vai nos colocar na Copa Libertadores e temos que batalhar para chegar até ela. Restam quatro jogos, todos muito complicados, e por isso mesmo o foco deve estar sempre no próximo adversário. O Botafogo tem condições de garantir a classificação e deve se preocupar com seu próprio resultado”, disse o goleiro Sidão.

O zagueiro Emerson Santos lembrou da grande quantidade de times que lutam pela vaga na Copa Libertadores. Apenas Palmeiras e Santos já se garantiram matematicamente. O Flamengo está bem encaminhado, assim como o Atlético-MG. Desta forma, o Glorioso disputa as duas vagas restantes com o Atlético-PR (51 pontos), Corinthians (50), Grêmio (49), Fluminense (48), Chapecoense (46) e Ponte Preta e São Paulo (45).

“Não vamos encontrar facilidades na reta final do Campeonato Brasileiro e por isso mesmo essa vantagem que abrimos em relação aos nossos concorrentes pode acabar sendo ilusória se não fizermos a nossa parte. Tem pelo menos umas seis ou sete equipes brigando pelas vagas restantes e todas com muita qualidade. Um ou outro detalhe pode acabar pesando para que um time consiga avançar e para que outro fique pelo caminho. Para mim, o poder de concentração pode ter um peso ainda maior e temos que trabalhar no sentido de manter o foco apenas no que está por vir”, analisou o defensor.

O próximo compromisso do Botafogo será na quarta-feira da próxima semana, dia 16 de novembro, às 19h30 (de Brasília), contra a Chapecoense na Arena Botafogo, no Rio de Janeiro, pela 35ª rodada. Para este compromisso o único desfalque fica por conta do artilheiro Sassá, que cumpre suspensão por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo no empate sem gols com o Flamengo. Assim, o ataque diante dos catarinenses será composto por Neilton e Rodrigo Pimpão. Nesta quarta-feira o elenco do Glorioso volta a treinar na parte da manhã, na sede de General Severiano.

Fonte: Superesportes