(Hahaha!) Presidente do Flamengo admite fazer ‘final moral’ do Carioca com o Flu

Compartilhe:

Após as eliminações na semifinal do Campeonato Carioca, torcedores de Flamengo e Fluminense começaram a se manifestar nas redes sociais pedindo que as equipes realizem a “final moral” da competição, já que as duas equipes alegam terem sido prejudicadas. O presidente rubro-negro, Eduardo Bandeira de Mello concorda com críticas e até admite a possibilidade de organizar a partida.

“Todo mundo viu o campeonato. Mas fazer um Fla-Flu é sempre bom. Não sei se vai prosperar essa iniciativa, mas Fla-Flu é Fla-Flu. Essa ideia eu estou tendo de vocês. Não descarto, vamos ver se a gente consegue viabilizar”, disse o mandatário à rádio Bradesco Esportes FM Rio.

Tanto Fla quanto Flu têm do que reclamar da partida decisiva da semifinal. O Rubro-Negro perdeu para o Vasco por 1 a 0 graças a um pênalti duvidoso de Wallace em Serginho. E o Tricolor foi derrotado por 2 a 1 pelo Botafogo com um gol irregular, com impedimento não marcado.

Antes disso, as duas equipes já estavam em pé de guerra com a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj). Situação que só se agravou com as suspensões de Vanderlei Luxemburgo, técnico do Fla, e Fred, atacante do Flu, por criticarem a Ferj. Tanto que as duas equipes se posicionaram a favor da criação de uma liga independente em 2016.

Caso o amistoso com o Fluminense não aconteça, o Flamengo ficará 17 dias seguidos sem jogar. Neste período, Bandeira de Mello prevê uma espécie de intertemporada.

“Com certeza vamos intensificar os treinamentos para chegar em ponto de bala no Campeonato Brasileiro”, disse o presidente.



Fonte: Band.com.br e Bradesco Esportes
Comentários