Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Série B

26/06/21 às 16:30 - Castelão

Escudo Sampaio Corrêa
Sampaio Corrêa
SAM

X

Escudo Botafogo
Botafogo
BOT

Série B

20/06/21 às 16:00 - Aflitos

Escudo Náutico
Náutico
NAU

3

X

1

Escudo Botafogo
Botafogo
BOT
Ler a crônica

Série B

17/06/21 às 19:00 - Do Café

Escudo Londrina
Londrina
LON

2

X

2

Escudo Botafogo
Botafogo
BOT
Ler a crônica

Helton Leite: ‘É um privilégio substituir o Jefferson. É um progresso grande’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Helton Leite já deixou uma boa impressão em seus primeiros jogos, com direito a grande atuação e pênalti defendido no clássico contra o Fluminense. Nesta quinta-feira, diante do Audax, em Moça Bonita, ele terá sua primeira chance de atuar com o time considerado titular. A razão é que Jefferson está com a Seleção Brasileira.

“Só de representar o Botafogo já é responsabilidade grande. É uma oportunidade e um privilégio substituir o Jefferson. É um progresso grande, tanto na minha carreira quanto para o meu crescimento. Não muda muito (atuar com a equipe principal) porque treinamos todos juntos, os goleiros fazem rodízio. Estou acostumado. Espero fazer o melhor e que o time consiga vencer”, diz Helton.

Pelos treinos nos dois últimos dias, o Botafogo deverá ir a campo com Helton Leite, Edílson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Jorge Wagner e Daniel; Wallyson e Ferreyra. Bolatti e Gegê também foram testados. Além de Jefferson, Lodeiro não atuará por estar com sua seleção.

Luta até o fim

O jogo com o Audax é visto no clube como uma das últimas cartadas para a classificação para as semifinais do Campeonato Carioca Guaraviton. A equipe não desiste da vaga, mas lembra que o planejamento para a Copa Bridgestone Libertadores é o principal.

“Enquanto tivermos chance de nos classificar, vamos lutar. Queríamos estar entre os quatro, mas o planejamento já vem desde o ano passado, o clube está certo, Libertadores é muito importante. Nossa cabeça está lá, não podemos fugir disso. Não tem por que o clube não deixar o Carioca, que joga todo ano, um pouco de lado e viver a Libertadores”, salienta Julio Cesar.

Notícias relacionadas
Comentários