Henrique critica entrada de Sheik: ‘Desleal, veio machucar’. Árbitro é afastado

Compartilhe:

O volante Henrique comentou a falta que sofreu do atacante Emerson Sheik, do Botafogo, no duelo do último sábado, pelo Campeonato Brasileiro. No início do segundo tempo, o botafoguense atingiu com um carrinho a perna do volante, que, depois do lance, não aguentou ficar em campo e teve que ser substituído.

Henrique, que ficou com vários hematomas na canela, classificou a entrada de Sheik como desleal. “Depois eu vi o lance. Foi uma entrada desleal. A intenção foi machucar. Ele entrou com a sola um pouco alta, a intenção foi atingir a minha canela”, afirmou o jogador em entrevista à rádio Itatiaia.

“Fico chateado porque você pode machucar um companheiro seu de trabalho, ter um risco de ficar um tempo parado. É triste para o futebol, que perde muito com lances deste tipo”, acrescentou.

Henrique terá mais tempo para se recuperar, já que não enfrenta o Criciúma neste sábado, às 18h30, em Santa Catarina. O volante está suspenso pelo acúmulo de três cartões amarelos.

Árbitro fora da escala

O árbitro Luiz Flávio de Oliveira, que apenas amarelou o atacante Emerson Sheik no lance reclamado por Henrique, ficou fora do sorteio da CBF para a próxima rodada do Campeonato Brasileiro. Essa foi uma espécie de punição da comissão de arbitragem. “Quando o árbitro não cumpre as regras do jogo, como naquela entrada violenta do jogo do Cruzeiro, ele não entra no sorteio. Aquela entrada merecia uma atitude mais dura do árbitro”, cobrou o presidente da comissão de arbitragem da CBF, Sérgio Corrêa.



Fonte: Superesportes
Comentários