Henrique repete seca de Rafael Marques e volta a perder espaço no Botafogo

Compartilhe:

Contratado com grande expectativa no início do ano, Henrique ainda não se encontrou no Botafogo. Prova disso, é que o atacante repetiu a seca de gols de Rafael Marques quando este chegou ao Alvinegro – já são 20 jogos sem balançar as redes. O companheiro deu a volta por cima e é exemplo para que o ex-São Paulo trilhe o mesmo caminho. Porém, ele perdeu espaço no elenco e terá que conquistar a confiança de todos do time de General Severiano, que encara o Vitória, nesta quinta-feira, às 21h, no Barradão.

Henrique deu sinais de que poderia emplacar no Botafogo a partir da partida contra o Goiás, em Brasília, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Desde então, ele só não entrou em campo em dois jogos – Portuguesa e Corinthians. Além de ser mais utilizado, o atacante chegou até mesmo a ser titular nos duelos contra Fluminense e Grêmio. Mas não agradou.

Sem poder contar com Elias, com lesão na coxa esquerda, o técnico Oswaldo de Oliveira já não sinaliza com a possibilidade de escalar novamente o jogador  como titular. Alex é a bola da vez. Após começar entre os onze contra o Flamengo, o atacante poderá estar na equipe inicial diante do Vitória. Henrique voltou a perder espaço no Botafogo e ficará no banco de reservas.

No clássico diante do Flamengo, Henrique ficou como opção entre os reservas. Aos 11min do segundo tempo, foi chamado por Oswaldo de Oliveira e entrou na partida. Porém, o atacante não agradou e foi substituído por Hyuri aos 43min. A troca deixou o jogador irritado, mas tudo foi resolvido em uma conversa com o treinador no vestiário.

“Conversei com ele [Henrique] depois do jogo na oportunidade. Precisava fazer a substituição e o indicado era ele naquele momento. Em que pese ter entrado depois. Isso já aconteceu, pelo aspecto afetivo é ruim, mas precisava agir e fiz isso”, disse Oswaldo.

Mas o Botafogo não está satisfeito com o desempenho de Henrique. Tanto que não criou obstáculos quando o Real Madri sinalizou com a vontade de contratar o atacante para compor seu time B. O jogador só não ficou no clube espanhol por causa de um problema de documentação e a transferência deverá ser concretizada no fim desta temporada, durante a janela de transferências para a Europa.

Fonte: UOL

Comentários