Oswaldo de Oliveira, técnico do Palmeiras, estará com um pedaço do coração no Maracanã no domingo, quando decide o título do Campeonato Paulista com o Santos, na Vila Belmiro.

– Vou torcer pelo Botafogo. Passei recentemente pelo Botafogo, e não há como negar uma inclinação – disse o treinador ao blog, lembrando o trabalho desempenhado no Alvinegro, em 2013.

Oswaldo certamente tem outro motivo para torcer pelo Botafogo na decisão do Estadual do Rio, contra o Vasco. Ele era treinador do time cruz-maltino em 2000 e saiu brigado com Eurico Miranda após empatar em 2 a 2 com o Cruzeiro, pela primeira partida da semifinal do Brasileirão, em São Januário. Além de ter ficado contrariado com o abraço de Oswaldo no técnico adversário, Luiz Felipe Scolari, após o jogo, o dirigente queria que os jogadores se reapresentassem na manhã de segunda-feira, ao contrário do combinado pelo treinador com o grupo.

A decisão do Paulista, no domingo, será também às 16 horas. O Palmeiras venceu o Santos no primeiro confronto das finais por 1 a 0.

Fonte: Blog Extracampo - Marluci Martins - Extra Online