O péssimo momento do Botafogo trouxe mudanças no time titular. Se até a rodada passada os jovens ocupavam espaço considerável na equipe principal, o cenário é completamente diferente para a partida deste domingo, contra o América-MG, no Nilton Santos.

Contra o Fluminense, o Botafogo mandou a campo seis jovens no time titular: Saulo, Marcinho, Igor Rabello, Marcelo, Matheus Fernandes e Bochecha. De acordo com as mudanças realizadas pelo técnico Zé Ricardo no treinamento da última quarta-feira, pelo menos quatro deles ficarão no banco de reservas.

Perdem a vaga de titular para a partida contra o América-MG Marcinho, Marcelo, Matheus Fernandes e Bochecha, que serão substituídos por Luís Ricardo, Joel Carli, Jean e Leo Valencia. Além desses Gatito tem chance de voltar e retomar a posição de Saulo.

Fica evidente que o momento decisivo no Brasileiro, com jogos decisivos contra times que também lutam contra o rebaixamento, gerou um cuidado a mais na comissão técnica. Preteriu jovens por atletas mais cascudos e que, na teoria, sofrerão menos a pressão do Z4.

“Temos que pensar nos sete jogos, é muito importante olhar a tabela, mas temos que pensar jogo a jogo. A gente procura vencer sempre, ter isso em mente. Independentemente de ser time de cima ou de baixo, a dificuldade vai ser a mesma”, disse Erik.

Além do América-MG, neste domingo, o Botafogo ainda tem sete confrontos diretos contra times que lutam contra o rebaixamento até o fim do Campeonato Brasileiro. São duelos com Vitória, Vasco, Ceará, Bahia, Atlético-PR, Chapecoense e Paraná.

Fonte: UOL