O técnico Alberto Valentim iniciou a segunda passagem da carreira pelo Botafogo. Na apresentação oficial, no Estádio Nilton Santos,  o treinador fez questão de destacar mais de uma vez a felicidade que sentia em retornar ao clube em que conquistou o título carioca do ano passado. Além de considerar a identificação com grande parte do elenco uma vantagem, Valentim também se disse mais experiente e preparado diante para os desafios que estão por vir.

–  Estou mais experiente, com certeza. É impossível adquirir experiência sem viver intensamente essa profissão nossa de treinador. Hoje consigo enxergar coisas mais facilmente do que ano passado. Conceitualmente estou mais detalhista ainda do que antes, é o que essa vivência via te dando. Fortaleci muitas coisas que eu queria. Outras eu deixei um pouco de lado. É importantíssimo isso – lidar e saber reconhecer alguns erros. Bater mais na tecla do que você acha que será positivo. Se eu tenho uma qualidade, estou muito atento a tudo e disposto a aprender com todos, presto muita atenção no que se passa ao meu redor. Hoje consigo fazer tudo isso com mais facilidade – disse o treinador na última segunda-feira, na coletiva de apresentação.

Dos 33 atletas no atual elenco, 16 faziam parte do grupo no início de 2018, quando Valentim era o técnico alvinegro: Gatito, Saulo, Marcinho, Marcelo Benevenuto, Joel Carli, Kanu, Gilson, Bochecha, João Paulo, Leo Valencia, Yuri, Marcos Vinicius, Luiz Fernando, Lucas Campos, Pimpão e Pachu. O treinador deixou o Alvinegro ao aceitar uma proposta financeira vantajosa para se transferir ao Pyramids, do Egito. A saída pacífica contribuiu para que ele fosse lembrado após a demissão de Eduardo Barroca.

O fato de já conhecer o material humano que tem nas mãos é visto como uma vantagem por Valentim, em razão do pouco tempo para treinar. O Botafogo já encara o Vasco, na quarta-feira, em São Januário e na sequência, recebe o CSA, no Nilton Santos, na segunda-feira.

– Eu já os conheço, eles também conhecem o meu trabalho. Lembro que quando tive na primeira vez, tivemos oito ou nove sessões de treinos, que foram fundamentais para criar uma base. Exijo que que o trabalho tenha uma cara nossa. Para primeira e segunda partida teremos pouco tempo para treinar, então esse conhecimento facilita para o jogo contra o Vasco. Uma das perguntas que fiz ao Anderson (Barros, diretor de Futebol) era sobre a aceitação por parte dos jogadores, porque é fundamental – disse.

Novidades à vista

O Botafogo fechou a rodada do último fim de semana como a equipe que menos finaliza entre os 20 times da Série A do Campeonato Brasileiro, com 222. Na contagem dos chutes em direção ao gol, o time é o terceiro pior,  com apenas 91, à frente apenas de Avaí e CSA.  Para solucionar o problema, Valentim vai focar no volume ofensivo e priorizar a posse de bola.

– Para aumentar o número de finalizações e o volume no último terço de campo, você tem que ter a posse de bola, e isso é algo que eu gosto muito, se vocês lembrarem meu trabalho aqui e no Vasco. Gosto da posse, mas temos que ter o momento de alternar esse jogo verticalizando mais. A ideia é essa dentro do que vamos treinar, porque vamos treinar muito isso, além de conversar muito nesses primeiros dois jogos, já que não teremos muitas sessões de treinos. Basicamente é isso, fazer bem a leitura de quando a alternar entre a posse e a verticalização do jogo, aproveitando e respeitando as características dos jogadores que nós temos. Dá pra fazer isso muito bem – projetou.

O novo treinador também promete inovações táticas e uma mescla entre jogadores oriundos das categorias de base com os profissionais. O atacante Diego Souza será peça chave no esquema de jogo de Valentim.

–  Vamos jogar com uma linha de quatro defensiva. Não peço nada que não nas características dos jogadores. Talvez alternemos um 4-3-3 com 4-2-3-1 e um 4-4-2 também. O motivo destes três desenhos táticos é muito por causa do Diego Souza. Podemos jogar com ele de 9 ou de 10. Também sempre gostei de trabalhar com essa transição da base com profissional. Nos meus treinos vocês vão ver muito isso. Gosto muito desta mescla.

Valentim estreia no comando do Botafogo nesta quarta-feira, em São Januário contra um velho conhecido: o Vasco da Gama. A partida válida pela 26ª rodada está agendada para às 21h30 (de Brasília. Os dois rivais buscam melhorar a posição na tabela da competição. O Alvinegro ocupa a 13ª colocação, com 30 pontos, um a menos que o rival, em 12º lugar.

Fonte: Terra