O jogo do Botafogo contra o Grêmio, pela Copa Libertadores, é só no dia 13 deste mês, mas já repercute desde a classificação de ambos às quartas, há mais de 20 dias. Mais recentemente, o Tricolor Gaúcho teve perdas importantes no elenco: o meio-campista Maicon se lesionou, o meia-atacante Bolaños foi emprestado e o atacante Pedro Rocha foi vendido. Apesar dessas mudanças, o zagueiro Igor Rabello, do Alvinegro, não crê que o rival estará mais fraco.

– São grandes perdas para eles, mas seguem por lá ótimos jogadores, eles têm um elenco qualidade. O Pedro Rocha sai, mas tem o Everton, que entra e faz gol. O time deles é tão bom quanto o nosso é. Vai ser um jogo bom dos dois lados – analisa o zagueiro.

O 1º de setembro é o dia do profissional de educação física. Caso raro no futebol, Igor tem segundo grau completo, e se formou exatamente no ramo. Ele entende que ter estudado muito do universo que pratica o ajuda na profissão que vem exercendo entre as quatro linhas.

– Claro que me ajuda. Estava conversando com o Bahia (Ednilson Sena), nosso preparador físico. Às vezes, treinando, costumo perguntar. E eles botam o frequencímetro (aparelho que utilizam no treino) ou outra coisa nova, e eu costumo perguntar, sei o que estou fazendo. Isso me ajuda muito – garante.

Fonte: Terra