Portuguesa e Joinville podem não entrar em campo nesta sexta-feira,pela primeira rodada da Série B do Brasileirão. Com uma decisão liminar da 3ª Vara Cível de São Paulo favorável à Portuguesa, o clube agora está em uma “sinuca jurídica”.

Como a equipe viajou para Joinville nesta quarta-feira, 16, e o clube só foi notificado da decisão na manha desta quinta-feira, a Portuguesa se viu forçada a pedir à CBF o adiamento da partida até que a questão seja resolvida.

– O clube tem que respeitar as decisões da justiça, mesmo que em caráter liminar. Então estamos esperando uma resposta da CBF para saber se vamos ou não entrar em campo – explicou o advogado do clube no “caso Héverton”, Daniel Neves.

Até o momento, não houve nenhuma resposta por parte da CBF. O Lance!Net tentou entrar em contato com o vice-presidente jurídico da CBF, Carlos Eugênio Lopes, que não atendeu às ligações.

Fonte: Lancenet!