Autor de dois gols na vitória da Desportiva sobre o Botafogo em amistoso no último sábado, o zagueiro Willyan acabou fechando as portas para um possível acerto com o Glorioso, depois de ter feito o gesto do “chororô” e de ter dado declarações em tom de provocação.

Segundo o Globoesporte.com, Willyan foi indicado como um dos bons nomes da equipe por Marcio Almeida, homem-forte do futebol do clube capixaba, em conversa com o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, antes do jogo.

– Antes do jogo, nós fomos alertados para as qualidades dele. Só que a atitude dele foi extremamente infeliz. Qualquer que fosse qualidade, não existiria qualquer possibilidade de negociação por essa atitude – afirmou Carlos Eduardo Pereira, em tom enfático.

Ex-jogador do Flamengo, Willyan teria recebido sondagens do São Paulo. Na última quarta-feira, ele se desculpou pela atitude e justificou o gesto como “emoção de momento”.

Fonte: Globoesporte.com