O Flamengo vai divulgar nesta quarta os preços para a primeira partida do time na temporada, domingo, no Maracanã, contra o Audax. Uma certeza o torcedor já pode ter: assistir a um jogo do Rubro-negro sairá mais caro do que no ano passado. O motivo: o custo por torcedor no estádio, maior do que o que o clube tinha no Engenhão.

— Eu acho que o Maracanã vai ter que ser um pouco mais caro. Por quê? Porque o custo do Maracanã é muito alto. Só para você ter uma ideia: no Engenhão, o custo da operação por torcedor é de R$ 1. No Maracanã é de R$ 10 por torcedor. Senão você não consegue viabilizar o jogo lá. E essa é uma questão importante. Os jogos que a gente vai conseguir viabilizar lá — explicou o diretor de marketing do Flamengo, Fred Luz.

Após reunião na Federação de Futebol do Rio, na segunda-feira, foram definidos parâmetros de preços para os ingressos no Estadual. No Maracanã, o mínimo fixado foi de R$ 30 para duelos entre grandes e pequenos (o máximo será discutido caso a caso). Este preço, por si só, já é maior do que o praticado no Engenhão em 2013 em jogos de mesmo nível — de R$ 20 a R$ 40.

Mesmo com o preço mais salgado, o Flamengo acredita que terá uma boa resposta do público, principalmente por conta dos sócios-torcedores, que têm direito a desconto na compra. Nesta terça, inclusive, o clube lançou sua nova campanha de adesão, em que premiará com até um carro os sócios que mais atraírem novos membros.

— A nossa expectativa é de que a participação do sócio-torcedor continue muito alta. Por que, embora o valor mínimo do ingresso seja R$ 30, se for praticado esse preço, para o sócio-torcedor será menor — completou Fred.

Fonte: Extra Online